Pular para o conteúdo principal

Declaração do Grupo BID sobre casos de COVID-19 detectados em seu escritório no Brasil

Banco adotou medidas abrangentes para limitar a disseminação do vírus, incluindo teletrabalho obrigatório na sede e em todos os escritórios nos países a partir de 16 de março

O Grupo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciou hoje que registrou dois casos de COVID-19 em sua representação no Brasil.

Alinhado às orientações do Ministério da Saúde e outras instituições internacionais, o Banco está tomando medidas para proteger a saúde de duas pessoas infectadas e todos aqueles que possam ter tido contato com elas.

O Grupo BID confirmou que uma das duas pessoas teve contato com alguns colegas do Banco em Brasília durante a semana passada. Todos estes empregados estão agora em quarentena.

De acordo com as orientações das autoridades sanitárias brasileiras, o BID está rastreando os movimentos das duas pessoas fora do Banco nos dias anteriores à detecção do vírus para poder informar às pessoas com as quais tiveram contato para que sigam os protocolos apropriados.

Além das políticas já adotadas pelo Grupo BID para limitar as viagens de funcionários e cancelar ou reagendar eventos, o Escritório do Banco no Brasil aconselhou os funcionários a seguir os protocolos locais estabelecidos pelo Ministério da Saúde em caso de exposição a uma pessoa infectada.

A partir de 16 de março e até novo aviso, todos os funcionários do Grupo do BID trabalharão remotamente em caráter obrigatório, com restrição de acesso aos escritórios, em sua sede em Washington e em todos os seus 26 escritórios na América Latina e no Caribe, Espanha e Japão.

O Grupo do BID continuará a servir seus clientes durante esse período. Seus sistemas e processos de continuidade de negócios estão em pleno funcionamento e vão assegurar o cumprimento oportuno de seus compromissos com clientes, fornecedores e outros parceiros.

Conforme anunciado na semana passada, o BID também participa ativamente da coordenação de esforços regionais e nacionais para combater o vírus e está preparado para financiar esforços para monitorar a doença, realizar exames laboratoriais e fortalecer os sistemas de saúde pública em seus países membros.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Fundado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e do Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisa de vanguarda e oferece assessoria em políticas, assistência técnica e capacitação aos clientes públicos e privados em toda a região.

Contato de Imprensa

Turner, Taos Lee

Turner, Taos Lee
Jump back to top