Pular para o conteúdo principal
Jamaica obtém empréstimo de US$ 21 milhões do BID para aumentar a segurança pública e combater a violência

A Jamaica melhorará a segurança pública com um empréstimo de US$ 21 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento. O instrumento financiará a prevenção ao crime e intervenções estratégicas para enfrentar fatores de risco que levam jovens ao crime e a cometer atos violentos.

O projeto apoiará intervenções em áreas como solução de conflitos, assessoria, centros para jovens, capacitação profissional, educação e programas para jovens pais e mães. O empréstimo financiará ações para promover ambientes seguros, como atividades de mobilização comunitária, construção de centros polivalentes para prestação de serviços de prevenção, estabelecimento de tribunais de justiça comunitários e campanhas de educação pública.

Os principais resultados esperados do projeto até 2014 sã

·         redução de 29% nas taxas de homicídios;

·         aumento de 25% na comunicação de ocorrências de crimes em toda a ilha;

·         10.000 famílias beneficiadas por programas de prevenção da violência e de apoio a jovens pais e mães;

·         modernização de seis centros polivantes;

·         implantação de oito tribunais de justiça comunitários;

·         participação de cerca de 2.000 jovens em programas de equivalência escolar e educação corretiva.

Os crimes violentos tornaram-se uma das preocupações mais urgentes na Jamaica, afetando todas as esferas da sociedade e tornando-se uma das principais barreiras para o desenvolvimento do país. Embora as taxas de homicídios tenham declinado nos últimos três anos, elas continuam entre as maiores da região, tendo atingido 59,7 em cada 100.000 habitantes em 2008.

O empréstimo do BID, aprovado em 14 de dezembro pela Diretoria Executiva do Banco, apoiará os esforços atuais do governo para reduzir o envolvimento de jovens com o crime, instilar em todos os cidadãos uma cultura de respeito à lei e restaurar a confiança pública na polícia e no sistema judiciário.

O empréstimo também financiará a implantação de um sistema integrado para a gestão de informações entre as agências a fim de monitorar tendências, facilitar a troca de informações e ajudar na formulação de políticas e programas. Além disso, o projeto apoiará a capacitação de pessoal em ministérios e órgãos do governo envolvidos com segurança pública para melhorar o planejamento e a execução de programas.

O empréstimo, em dólares norte-americanos, tem prazo de 25 anos e um período de carência e desembolsos de quatro anos. A taxa de juros baseia-se na LIBOR.

Jump back to top