Pular para o conteúdo principal

Estudo do BID revela a importância de aumentar o prestígio da profissão docente

São Paulo, Brasil, 25 de julho de 2018- Nos últimos anos, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem apoiado os governos da região na identificação de políticas e programas para melhorar a eficácia dos professores na América Latina e no Caribe.  O objetivo desse trabalho é tornar os professores em nossa região eficazes e capazes de gerar o aprendizado e as habilidades que seus alunos precisam para atingir seu potencial máximo.

O livro, Profissão Professora na América Latina: Por que a docência perdeu prestígio e como recuperá-lo?, oferece uma análise sobre por que o prestígio da profissão docente foi perdido e o que pode ser feito para recuperá-lo. A pesquisa também analisa as políticas que vários países da região estão implementando para atrair, preparar e selecionar professores eficazes.

"Através de uma pesquisa ampla e detalhada, o livro levanta informações e novos dados que permitem concluir que existem dois importantes fatores históricos que explicam a deterioração da profissão docente. A primeira é a expansão da cobertura escolar na região que gerou uma demanda maior de professores em um período muito curto de tempo, de modo que a qualidade da formação destes novos ingressantes na carreira docente não pode ser garantida. E o segundo tem origem nas transformações do mercado de trabalho feminino,segmento historicamente predominante na docência, o que fez com que nos últimos anos muitas mulheres talentosas optassem por outras carreiras e não por se tornarem professoras."

O estudo conclui que é preciso recuperar o prestígio da profissão docente, e que atrair e preparar os melhores candidatos para o ensinoé uma estratégia de sucesso no longo prazo para transformar a profissão e aumentar a eficácia dos professores na nossa região.

 "É essencial para entender o que o estado da política educacional na região e aprender sobre o que estão fazendo nossos países para aumentar o prestígio da profissão docente", disse Emiliana Vegas, Chefe da Divisão de Educação do BID. "Desta forma, os governos da América Latina e do Caribe poderão ter insumos para continuar melhorando a qualidade da educação que oferecem e, consequentemente, continuar melhorando a qualidade de vida de seus cidadãos".

"Países como Peru, Colômbia, Equador, México e Chile lançaram uma série de reformas para atrair, selecionar e preparar melhores professores"

Algumas das medidas incluídas nestas reformas são: aumentos salariais, melhorias no dia de trabalho, critérios de seletividade mais rigorosos, bolsas de estudo, bônus de desempenho, entre outros. Estas medidas, juntamente com uma carreira docente mais meritocrática, encorajam os candidatos a entrar e praticar a profissão docente.

Com essa publicação, o BID procura ajudar os tomadores de decisão a saber quais políticas de ensino estão sendo implementadas em vários países da região e analisar as evidências sobre como a transformação da profissão docente está sendo promovida.

Os resultados desta pesquisa mostram que alguns países da região tomaram medidas para elevar o prestígio e a qualidade da profissão. Com vistas ao futuro, os governos devem procurar implementar reformas sistêmicas que abordem todos os fatores que afetam a qualidade do professor.

Sobre o BID

A missão do Banco Interamericano de Desenvolvimento é melhorar vidas. Fundado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional na América Latina e no Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisa de ponta e oferece assessoria política, assistência técnica e treinamento para clientes públicos e privados em toda a região.

Contato de Imprensa

Pacheco Munoz, Laura Valeria

Pacheco Munoz, Laura Valeria

Borges De Padua Goulart Janaina

Borges De Padua Goulart Janaina
Additional Contacts

Diana Hincapié

Diana Hincapié

Elacqua,Gregory Michael

Elacqua,Gregory Michael
Jump back to top