Pular para o conteúdo principal
Distrito Federal expandirá rede de água potável e esgotos sanitários com apoio do BID

Projeto beneficiará diretamente 274 mil moradores 

A população do Distrito Federal, em especial os moradores dos condomínios Sobradinho I e II, Jardim Botânico, Lago Sul, Incra 8 e Brasilândia, será beneficiada com a redução da sobrecarga e o melhor aproveitamento dos sistemas de abastecimento de água da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB), mediante um empréstimo de US$ 170,8 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

O Programa de Saneamento Ambiental da CAESB contribuirá para reduzir o risco de racionamento de água e proporcionará à empresa os instrumentos necessários para planejar ampliações futuras. 

Espera-se que o projeto ajude a conectar 13.498 residências à rede de água potável e contribua para a reabilitação de quatro unidades potabilizadoras, a interconexão de três sistemas de abastecimento e a recuperação de sete reservatórios urbanos de água. Além disso, 17.118 residências serão conectadas à rede de esgotos, que terá 45,8 km reabilitados. 

Esta operação foi elaborada para que a CAESB possa atender a demanda de água potável da população crescente de Brasília, condomínios e localidades adjacentes por meio de ações que aumentem a segurança da oferta de água, principalmente em períodos de seca. O projeto também aumentará a cobertura de esgotos e de drenagem e tratamento de águas residuais. Pretende-se ainda fortalecer a gestão operacional de governança da empresa. 

Ainda em relação ao apoio a iniciativas associadas à mudança climática, energia renovável e sustentabilidade do meio ambiente, o programa prevê a aquisição e instalação de 418 mil hidrômetros, o reflorestamento de 150 hectares de uma unidade de conservação para compensar a emissão de 49 mil toneladas/ano de CO2 pelas estações de tratamento de águas residuais e a implantação do sistema de gestão ambiental desenvolvido pela CAESB e de processos de certificação ISO em unidades específicas da empresa. 

O empréstimo do BID tem prazo de 25 anos, com período de carência de 5,5 anos e taxa de juros baseada na LIBOR. A contrapartida local é de US$ 115,5 milhões.

Jump back to top