Pular para o conteúdo principal
Com apoio do BID, BNDES se prepara para crescer no mercado global de finanças sustentáveis
  • Como resultado de uma avaliação viablizada por convênio com o BID, o BNDES entrou no top 100 global e no top 5 entre mercados emergentes de acordo com agência internacional de classificação ESG

Com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) passou a figurar entre as empresas mais bem avaliadas do mundo pela Vigeo Eiris (V.E), agência de classificação associada à Moody's Corporation que avalia o desempenho das organizações de acordo com critérios ambientais, sociais e de governança (ASG).

O apoio à avaliação do BNDES foi realizado pelo BID como parte dos esforços pela promoção da sustentabilidade no mercado de capitais e pelo apoio ao desenvolvimento de instrumentos de finanças verdes.

De acordo com a análise realizada pela V.E. com 4.913 empresas, a atuação ASG do BNDES figura no top 100 global, na 86ª posição. Em mercados emergentes, entre as 848 organizações analisadas, o banco brasileiro está em 4º lugar.

A V.E destaca como pontos fortes na análise a integração avançada de fatores ASG em atividades de investimento e empréstimo realizadas pelo BNDES; a utilização de sistemas em padrão internacional para prevenir discriminação e promover carreiras no seu quadro de empregados; e o emprego de esforços abrangentes para evitar práticas de corrupção e mitigar riscos de lavagem de dinheiro em suas atividades.

Para o BID, o apoio à avaliação ESG / ASG do BNDES é estratégico, em um momento em que o banco prioriza iniciativas que contribuam ao combate às mudanças climáticas -- um dos pilares necessários para que se supere esta crise, como explica Morgan Doyle, representante do Grupo BID no Brasil:

“O BID tem muito orgulho de apoiar o BNDES a consolidar sua reputação internacional como uma instituição que atua segundo os mais altos princípios de ASG. Ajudar a fazer a conexão entre capitais internacionais comprometidos com a benefícios sociais e ambientais e atores atuantes nesse sentido na América Latina é parte central da estratégia do BID para promover a recuperação econômica da região, a nossa chamada Visão 2025”.

De acordo com a Visão 2025 do BID, reencontrar a rota do crescimento econômico na América Latina exigirá ampliar investimentos, o que deve ser feito de maneira planejada e com foco em áreas prioritárias – uma das quais é justamente o enfrentamento à mudanças climáticas. Nesse sentido, ratings ASG como o obtido pelo BNDES são passos extremamente estratégicos, uma vez que sinalizam investimentos alinhados às mais altas exigências do mercado de capitais. ]

O chefe do Departamento de Relações com Investidores do BNDES, Gabriel Ervilha, explica que a avaliação por agências externas da incorporação de aspectos ASG nas políticas e operações das empresas vem sendo cada vez mais demandada por investidores. “Nesse sentido, o ótimo resultado no rating ASG valida a atuação do BNDES tradicionalmente voltada à sustentabilidade, nos posicionando entre os melhores do mundo nesse quesito, e também nos dá parâmetros para continuarmos com aperfeiçoamentos das nossas práticas.” 


Pontos destacados no rating ASG do BNDES

Ainda segundo a V.E, o BNDES apresenta um desempenho avançado em:

  • integração dos padrões ASG na concessão de crédito. 
  • governança e tomada de decisão, destacando-se a criação, em maio de 2020, do subcomitê que trata de questões ASG dentro do Conselho de Administração
  • questões relativas às mudanças climáticas, incluindo ferramentas de financiamento para apoiar a transição para uma economia de baixo carbono, como fundos temáticos (por exemplo, Energia Sustentável), produtos de crédito (é o caso do RenovaBio, para o setor de biocombustíveis) e títulos verdes. 
     

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.

Contato de Imprensa

Borges De Padua Goulart Janaina

Borges De Padua Goulart Janaina
Contactos de Prensa Externos

Bruno Aragaki

Bruno Aragaki
Additional Contacts

Braly-Cartillier,Isabelle Frederique Fra

Braly-Cartillier,Isabelle Frederique Fra
Jump back to top