Pular para o conteúdo principal
Coleção de Arte do BID agora está no Google Art Project

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciou hoje a entrada no Projeto Arte Google com imagens em alta resolução e centenas de trabalhos artísticos da sua Coleção de Arte, permitindo que qualquer pessoa possa explorar online suas pinturas, esculturas e outros objetos.

A Coleção de Arte do BID foi adquirida ao longo das últimas cinco décadas, criando um espaço onde os artistas que representam a América Latina e o Caribe podem ser apreciados junto com obras de artistas de renome de todo o mundo. A coleção é administrada pelo Centro Cultural do BID e reflete a missão do Banco em investir no desenvolvimento cultural e artístico da região.

Iván Duque, chefe da Divisão de Cultura, Solidariedade e Criatividade do BID, disse que "as tecnologias digitais estão se tornando um elemento-chave da nossa estratégia de levar o desenvolvimento para os povos da América Latina e do Caribe por meio da cultura, e o Projeto Arte Google é um de nossos aliados mais valiosos neste empreendimento”.

A seleção apresentada hoje simboliza a diversidade de um vasto continente, desde Ushuaia, na Argentina, para os Territórios do Noroeste do Canadá, e o rico diálogo entre suas muitas nações e culturas. O esforço de compartilhar essa mostra é parte de uma iniciativa mais ampla do Banco na democratização do acesso à cultura nas Américas, com ênfase especial em suas comunidades remotas. A Coleção de Arte do BID se une ao Projeto Arte Google, e isso marca um importante passo no sentido de um maior acesso à cultura por parte do público em geral.

Cem das mais de 1.700 obras de arte da Coleção de Arte do BID foram selecionadas para participar do Projeto Arte Google. A resolução das imagens, combinadas com uma ferramenta de zoom especial permite que os admiradores de arte possam apreciar detalhes minuciosos das pinturas como nunca.

Os visitantes da Coleção de Arte do BID do Projeto Arte Google podem pesquisar as obras pelo nome, pelo seu artista, tipo de arte, país, coleção ou por período de tempo. Google+ e "Hangouts" vídeo (reuniões virtuais) estão integrados ao site, permitindo aos visitantes convidar seus amigos para ver e discutir suas obras favoritas por vídeo chat, passeios virtuais ou após o passeio virtual falar com um especialista para uma melhor apreciação do aspecto particular da coleção.

A ferramenta "My Galery" permite aos usuários salvar vistas específicas de qualquer obra e construir a sua própria galeria. Comentários podem ser adicionados a cada peça ou uma galeria inteira e compartilhada com a família e amigos. É uma ferramenta ideal para estudantes, grupos de trabalho em projetos e coleções colaborativas. Além disso, a ferramenta chamada "Compare" permite examinar dois pedaços de lado a lado da arte e ver como o trabalho de um artista evoluiu ao longo do tempo, encontrar tendências entre culturas ou simplesmente explorar em profundidade duas partes de uma mesma obra.

As obras da Coleção de Arte do BID estão unidas a mais de 40 mil objetos em alta resolução disponíveis no Projeto Arte Google. Imagens de "Street View" já cobrem mais de 200 instituições em 40 países, com novas adições constantemente.

O Centro Cultural do BID foi criado em 1992 com dois objetivos principais: mostrar as expressões artísticas da América Latina e do Caribe, e contribuir para o desenvolvimento social da região, por meio de pequenas doações a projetos culturais com impacto social positivo.

O Projeto Arte Google é parte do Instituto Cultural do Google, que é dedicado à criação de tecnologias que ajudam a comunidade de cultura para a arte online, arquivos, patrimônio e outros materiais. O objetivo é aumentar o volume de material cultural que está disponível online para as pessoas explorarem, e ao fazê-lo, democratizar o acesso à cultura e preservá-lo para as gerações futuras.

Jump back to top