Pular para o conteúdo principal
Chamada para produtos e soluções financeiras sustentáveis

INICIATIVA TEM APOIO DA COOPERAÇÃO ALEMÃ E DO BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO (BID) PARA PROPOSTAS DE REPLICAÇÃO E CRESCIMENTO. DATA LIMITE: 15 DE NOVEMBRO

O Laboratório de Inovação Financeira (LAB), em parceria com o projeto Finanças Brasileiras Sustentáveis (FiBraS), está apoiando o lançamento da iniciativa Estrutura de Assistência Técnica (EAT), criada para contribuir com o aumento do volume de financiamento e recursos verdes no Brasil por meio do apoio técnico a iniciativas piloto.

Até o dia 15 de novembro, a EAT receberá propostas que, uma vez selecionadas, vão contar com suporte institucional e assistência técnica para o desenvolvimento e implantação de produtos financeiros sustentáveis.

É crescente no Brasil a oferta de produtos financeiros verdes, ou seja, iniciativas que contribuem para a preservação do meio ambiente e para enfrentar as mudanças climáticas. Por outro lado, é notável o aumento de interesse do mercado em financiar esse tipo de produto, por meio de fundos de investimentos e pelo envolvimento de empresas com compromissos socioambientais.

Em números globais, o mercado de títulos verdes atingiu a cifra de US$ 694 bilhões em setembro de 2019. Segundo as Nações Unidas, estima-se que serão necessários entre US$ 5 e 7 trilhões por ano até 2030 - dos quais 2,5 trilhões ainda não estão segurados - para que o mundo alcance as metas estipuladas nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e no Acordo do Clima de Paris.

No Brasil, até agosto 2019, foram emitidos títulos verdes em setores com potencial de impacto socioambiental no valor de aproximadamente US$ 5,6 bilhões no mercado nacional e nos mercados internacionais, de acordo com a Climate Bonds Initiative (CBI).

Para contribuir com esse processo, a EAT apoiará o desenvolvimento de produtos financeiros inovadores brasileiros nas áreas de clima, agricultura, florestas, energias, água, resíduos, economia circular, entre outros tópicos que contribuam positivamente para a transformação sustentável da economia brasileira.

Para saber mais sobre o processo seletivo da Estrutura de Assistência Técnica, como os critérios de elegibilidade, a documentação necessária, avaliação, etapas e prazos de seleção, acesse o site.

LAB

O LAB foi criado pela Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que, em parceria com a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, reúne representantes do governo e da sociedade para promover as finanças sustentáveis no país. No âmbito da Cooperação Brasil-Alemanha para o desenvolvimento sustentável, o LAB é apoiado pelo projeto FiBraS - Finanças Brasileiras Sustentáveis, da GIZ.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e do Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.

Contato de Imprensa

Borges De Padua Goulart Janaina

Borges De Padua Goulart Janaina
Contactos de Prensa Externos

Suélem Barroso

Suélem Barroso
Additional Contacts

Luciano Schweizer

Luciano Schweizer
Jump back to top