Pular para o conteúdo principal
BID vai apoiar o Estado do Rio de Janeiro na recuperação das áreas atingidas pelas chuvas

Diante da situação provocada pelas chuvas na região serrana do Rio de Janeiro (Brasil), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) se comprometeu a apoiar o Estado com recursos financeiros e técnicos ao alcance da instituição.

As chuvas no Rio já afetaram centenas pessoas desde terça-feira, quando os temporais foram intensificados. As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo e Petrópolis. Bairros inteiros ficaram isolados, o que vem dificultando a ação das equipes de resgate. Só na tarde de ontem foi possível perceber o nível da catástrofe nas áreas mais atingidas.

Em Teresópolis, a cidade mais afetada, foram criados abrigos para receber as famílias. Milhares de pessoas estão desabrigadas. Em Nova Friburgo faltou energia, telefonia e transporte na quarta-feira. Além de Petrópolis, o Distrito de Itaipava também foi atingido e a água alcançou dois metros de altura dentro das casas.

O presidente do BID, Luis Alberto Moreno, lamenta pelas vidas perdidas e expressou profundo pesar e solidariedade ao governo do Rio. “Estamos à disposição para prover toda a ajuda que esteja ao nosso alcance. Estaremos em contato com o Governador Sérgio Cabral para avaliar a situação, as necessidades e as possibilidades de apoio técnico e financeiro do Banco”, disse.

Como resposta imediata, o Banco fará uma doação emergencial de US$ 200 mil e segue agora o diálogo com as autoridades estaduais para definição das ações e recursos que serão empregados na recuperação das cidades atingidas.

Os recursos do BID provêm de um fundo de apoio emergencial, e são doados para cobrir as necessidades financeiras urgentes após um desastre natural de proporções incomuns, até que outras ações sejam definidas.

Jump back to top