Pular para o conteúdo principal
BID organiza seminário sobre inclusão social na América Latina e no Caribe

O Banco Interamericano de Desenvolvimento realizará no dia 4 de maio um seminário sobre promoção da inclusão social, econômica e política de pessoas marginalizadas na América Latina e no Caribe.

O evento se concentrará no que está sendo feito para combater a exclusão social motivada por discriminação racial, étnica, de gênero ou de condição social na região e em ajudar membros de grupos tradicionalmente discriminados a participar plenamente como cidadãos em suas sociedades.

Os palestrantes do seminário analisarão também as semelhanças e as diferenças entre esses esforços para superar preconceitos e a experiência dos Estados Unidos.

O presidente do BID Enrique V. Iglesias inaugurará a conferência e apresentará o orador principal, o reitor da Howard University, H. Patrick Swygert, às 9:30 da manhã no Auditório Andrés Bello, no 9º. andar da sede do Banco, 1300 New York Ave., Washington, D.C.

O reitor Swygert integra a Comissão Comemorativa de Brown v. Board of Education, que celebra o cinqüentenário da decisão histórica da Suprema Corte dos Estados Unidos contra a segregação do ensino público. Grande parte da preparação para esse litígio foi levada a cabo na Howard University, uma das mais antigas e influentes universidades fundadas originalmente para proporcionar oportunidade de educação superior à comunidade negra dos Estados Unidos.

Os participantes analisarão como o BID poderá ampliar seus esforços para promover a inclusão social na América Latina e no Caribe através de seus projetos, pesquisas  e outras atividades. Os painéis serão moderados por Rebecca Grynspan, diretora da CEPAL no México e ex-vice-presidente da Costa Rica; Jorge Gestoso, correspondente da CNN em Espanhol em Washington; e Mayra Buvinic, chefe da Divisão de programas Sociais do Departamento de Desenvolvimento Sustentável do BID.

Jump back to top