Pular para o conteúdo principal
BID lança BID PARA AS AMÉRICAS para ampliar oportunidades comerciais entre EUA e América Latina e o Caribe

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) lançou hoje o “BID PARA AS AMÉRICAS”, um novo programa para fortalecer e aumentar os laços econômicos entre os Estados Unidos e a América Latina e o Caribe. Como a maior fonte de financiamento multilateral na região, o programa do BID estará centrado em três pilares: compras públicas, comércio e investimento e financiamento.

O lançamento contou com discursos especiais de líderes de alto nível do governo e do setor privado, entre eles o Senador Chris Dodd, Assessor Presidencial Especial para as Américas, Don Graves, Secretário-Adjunto de Comércio dos Estados Unidos, Suzanne Clark, Presidente e Diretora-Geral da Câmara de Comércio dos Estados Unidos., e altos representantes da Intel, Amazon e SBA Communications.

"Os Estados Unidos são um parceiro fundamental em nossos esforços para aumentar o impacto e a escala do desenvolvimento na América Latina e no Caribe", disse o presidente do BID, Ilan Goldfajn. “O programa BID PARA AS AMÉRICAS oferecerá às empresas norte-americanas uma plataforma única, que aproveita tecnologias inovadoras e financeiras para se expandir na América Latina e no Caribe. Com sua experiência, suas redes de contatos e seu compromisso com a transparência, a igualdade, a governabilidade e a sustentabilidade, o BID é o parceiro preferencial para o compromisso das empresas internacionais com a região. Somos o Banco Interamericano de Desenvolvimento - o 'BID' - e é por isso que hoje estamos lançando o ‘BID para as Américas’".

"O BID e a Câmara de Comércio dos Estados Unidos têm uma longa história de sucesso na promoção de parcerias público-privadas", disse Suzanne Clark, da Câmara de Comércio dos Estados Unidos. "O programa BID para as Américas impulsionará o comércio ao educar os investidores e exportadores e incentivar novas associações em toda a região. Para os países da América Latina e do Caribe, trará a promessa de maior investimento norte-americano e criatividade. Desejamos pôr essa iniciativa em marcha, tanto nos Estados Unidos como no resto das Américas, para engajar nossos parceiros e estimular o investimento e o comércio do setor privado em todo o hemisfério."

No pilar de aquisições públicas, o programa foi pensado para ajudar a aumentar em mais de US$4 bilhões a participação de empresas norte-americanas nos contratos públicos financiados pelo BID na região a cada ano. O programa terá como foco aumentar o alcance e o tamanho das aquisições norte-americanas nos setores de saúde, água, energia, transporte, agricultura e infraestrutura digital. Embora as empresas norte-americanas ganhem mais de 61% de todos os contratos financiados pelo BID para os quais se candidatam – a maior taxa de sucesso entre todos os países membros não mutuários –, elas tendem a concorrer a menos licitações para contratos grandes. O tamanho médio dos contratos para empresas dos Estados Unidos no setor de infraestrutura é de US$282 mil, enquanto para a Espanha, por exemplo, é de US$4,7 milhões.

Para aumentar essa participação, o BID:

  • Organizará roadshows nos estados norte-americanos para apresentar e facilitar as conexões entre empresas norte-americanas e latino-americanas e caribenhas;
  • Lançará três aplicativos móveis (Build the Americas, atualmente em fase de teste, e Consult4theAmericas e Code4theAmericas, que serão desenvolvidos em 2024), por meio dos quais os desenvolvedores de infraestrutura, de tecnologia e empresas de consultoria poderão obter informações em tempo real sobre as aquisições financiadas pelo BID, conectar-se com parceiros e fornecedores locais, baixar todos os documentos de licitação e se candidatar a essas oportunidades de aquisição;
  • Em associação com a Câmara de Comércio dos Estados Unidos e outras organizações empresariais, apresentará as oportunidades de negócios com o BID e a região;
  • Desenvolverá uma seção dedicada aos Estados Unidos no ConnectAmericas.com, a rede social empresarial B2B do BID, na qual as empresas norte-americanas poderão acessar informações sobre todas as aquisições financiadas pelo BID.

No pilar de comércio e investimento, o BID fará uso de sua experiência e sua rede para facilitar conexões empresariais e associações entre empresas norte-americanas e regionais. Atualmente, os Estados Unidos exportam mais de US$ 720 bilhões em bens e serviços para a região (20% a mais em comparação ao que exportam para a União Europeia e três vezes mais do que exportam para a China). Além disso, em 2022, os Estados Unidos representaram 38% do investimento estrangeiro direto total na região e mais de um quarto das empresas multinacionais e filiais que fazem negócios na região.

Para aumentar ainda mais esses laços econômicos, o BID organizará encontros empresariais e atividades de networking como parte de seus fóruns empresariais para pôr em contato empresas dos Estados Unidos e da região. Em 2024, o BID também lançará o InvestAmericas, uma ferramenta tecnológica para conectar investidores (anjos, de capital de risco e de capital privado) com oportunidades de investimento (startups e empresas, com foco especial nas PMEs).

O BID também ampliará o apoio existente às empresas norte-americanas, com empréstimos ao setor público voltados a aumentar o comércio e o investimento. Por exemplo, no Uruguai e no Chile, os empréstimos do BID no setor de serviços digitais globais permitiram aos governos locais ajudar quase 30 empresas norte-americanas que queriam investir nesses países.  Para alcançar esse objetivo, o BID vai aproveitar suas relações de trabalho duradouras e bem-sucedidas com as agências de promoção do comércio e do investimento da região.

Por meio de seu Diálogo Empresarial das Américas, mecanismo de promoção de políticas públicas liderado pelo setor privado, o BID continuará fomentando o intercâmbio de alto nível entre os governos e o setor privado das Américas em relação a políticas que abordem as limitações do ambiente de investimento e promovam um crescimento econômico sustentável e inclusivo.

No pilar de financiamento, o BID mobilizará recursos de suas janelas pública e privada para apoiar projetos que tenham a participação de empresas norte-americanas.

O BID Invest, braço dedicado ao setor privado do Grupo BID que já financia mais de US$ 9 bilhões em projetos do setor privado, e o BID LAB, focado em servir inovações empresariais em estágio inicial, farão esforços especiais para alcançar empresas e empreendedores sediados nos EUA interessados ​​em expandir para a América Latina e o Caribe. O BID Invest está preparando uma proposta de aumento de capital com o objetivo de ampliar o impacto na região, com um novo modelo de negócios que criará oportunidades para empresas sediadas nos EUA e outros investidores que queiram participar de projetos em todos os países da região.

O BID também organizará atividades de networking com parceiros cofinanciadores e investidores, bem como com as instituições governamentais relevantes dos Estados Unidos, para promover oportunidades de investimento em futuras emissões de títulos do BID e do BID Invest e outras oportunidades de investimento inovadoras desenvolvidas com os países membros mutuários, como títulos dívida-por-natureza, blue bonds, títulos sociais e outros.

Por intermédio de seu Escritório de Parcerias Estratégicas, o BID desenvolverá novas iniciativas com parceiros do setor público dos Estados Unidos, como a DFC, o Ex-Im Bank, USAID, a Administração de Pequenas Empresas, o Departamento de Comércio e a Agência de Desenvolvimento Comercial dos EUA, entre outros.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Fundado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e do Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisa de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação para clientes públicos e privados em toda a região. Acesse nosso tour virtual.

Contato de Imprensa

Cavelier,Andres

Cavelier,Andres

Bachelet,Pablo A.

Press Coordinator

pbachelet@iadb.org
Bachelet,Pablo A.
Você também pode estar interessado em

Jump back to top