Pular para o conteúdo principal
BID e CVM firmam convênio para intercâmbio sobre Mercado de Capitais
  • ACORDO PREVÊ COOPERAÇÃO ENTRE AS INSTITUIÇÕES PARA PROMOVER FINANÇAS VERDES E AMBIENTE FAVORÁVEL A FINTECHS 

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) assinaram neste mês um convênio com o objetivo de construir, em conjunto, soluções inovadoras para o fortalecimento do mercado de capitais e o desenvolvimento sustentável do país. 

O acordo busca que o Laboratório de Inovação Financeira (LAB), do qual CVM e BID são fundadores, colabore com os seguintes Projetos executados pelo BID:  

  • Programa de financiamento verde da América Latina e Caribe para mobilizar investimento privado em ações de mitigação e modelos de negócios sustentáveis e de baixo carbono através de Bancos Nacionais de Desenvolvimento. 
  • Apoio ao desenvolvimento de quadros institucionais, políticas e regulamentações de fintechs na América Latina e Caribe. 

O BID se compromete, entre outros pontos, em apoiar na supervisão temática e técnica de informações, temas e resultados elaborados pelos grupos de trabalho do LAB; assim como disponibilizar consultorias de apoio técnico aos grupos de trabalho do LAB. 

Entre as responsabilidades previstas para a CVM, estão supervisar e coordenar os trabalhos dos grupos de trabalho do LAB, incluindo preparação de agendas, organização de trabalhos e relatoria, além de garantir apoio logístico a organização e oferecer espaços para reuniões do LAB. 

O acordo tem vigência de 4 anos e consolida a parceria entre BID e CVM em prol do Laboratório de Inovação Financeira, lançado em agosto de 2017. Hoje, o LAB agrega 250 instituições e 600 especialistas operando no mercado de capitais. No ano passado, a iniciativa se tornou a primeira da América do Sul a integrar o Financial Centres for Sustainability (FC4S), grupo de debate para soluções financeiras sustentáveis da ONU. Além disso, o LAB tem promovido diálogos, parcerias e melhoras no ambiente regulatório brasileiro com o fim de fomentar a adesão de instrumentos do mercado de capitais aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 

Sobre o LAB 

O Laboratório de Inovação Financeira (LAB) é um fórum de interação multissetorial, criado pela Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que, em parceria com a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, reúne representantes do governo e da sociedade para promover as finanças sustentáveis no país. O objetivo é criar soluções inovadoras de financiamento para a alavancagem de recursos privados para projetos com adicionalidade social e/ou ambiental e contribuir para o cumprimento das metas brasileiras associadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS (Agenda 2030) e aos compromissos para o enfrentamento dos riscos de mudança climática (Acordo de Paris). Lançado em agosto de 2017, o LAB atua por meio do diálogo intersetorial organizado em Grupos de Trabalho (GT). 

 

Sobre o BID 

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região. 

Contato de Imprensa

Borges De Padua Goulart Janaina

Borges De Padua Goulart Janaina
Contactos de Prensa Externos

Bruno Aragaki

Bruno Aragaki
Jump back to top