Pular para o conteúdo principal
BID e Brasil assinam carta de intenções para financiamento de US$680 milhões

FORTALEZA, Brasil – O ministro do Planejamento do Brasil, Martus Tavares, e o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Enrique V. Iglesias, assinaram hoje carta de intenções para a execução de programas a serem financiados por três empréstimos do BID totalizando US$ 680 milhões, destinados à redução da pobreza e ao apoio a micro, pequenas e médias empresas.

Byron Costa de Queiroz, presidente do Banco do Nordeste, também assinou as cartas de intenções referentes a dois projetos – um empréstimo de US$ 150 milhões para fortalecer a competitividade de pequenas e médias empresas no nordeste, e um empréstimo de US$ 30 milhões destinado à ampliação do crédito a microempresários.

O terceiro empréstimo, de US$ 500 milhões, destina-se a apoiar quatro programas de formação de capital humano nos setores menos favorecidos da sociedade, aumentado a renda do pobre. Esses programas incluem os projetos Bolsa Escola, que oferece incentivo em dinheiro para que os alunos permaneçam na escola; Bolsa Alimentação, que provê recursos para a melhoria da alimentação; Agente Jovem, que oferece atividades para o desenvolvimento do jovem; e o PETI, ou Programa de Erradicação do Trabalho Infantil.

Jump back to top