Pular para o conteúdo principal
BID aprova até US$ 131 milhões para sistema de distribuição de energia elétrica no Rio Grande do Sul

Empréstimo do Banco permitirá que CEEE-D expanda e modernize sistema de distribuição por meio do programa Pró-Energia RS Distribuição

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou um empréstimo de até US$ 131 milhões para melhorias no sistema de distribuição de energia elétrica no Rio Grande do Sul. O financiamento será concedido à Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D), que distribui um terço da energia consumida no estado.

Além do empréstimo do BID, a CEEE-D aportará US$ 87 milhões ao projeto, elevando o investimento total no programa Pró-Energia RS Distribuição para US$ 218 milhões.

De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema (ONS), a demanda por eletricidade na área de concessão da CEEE-D cresceu aproximadamente 3,2% nos últimos anos, tendência que deve ser mantida.

Os recursos ajudarão o Rio Grande do Sul a expandir e modernizar seu sistema de distribuição de energia para atender uma demanda cujo pico deve ocorrer durante a Copa do Mundo em 2014, uma vez que Porto Alegre é uma das cidades-sede do maior evento de futebol do planeta. O financiamento também permitirá que a CEEE-D implemente um sistema de tecnologia da informação para gerenciamento de negócios.

Para atender às necessidades da região, o programa Pró-Energia RS Distribuição envolve a construção e expansão de subestações, bem como a modernização dos equipamentos usados nessas subestações, a construção e expansão de sublinhas de transmissão e a renovação dos sistemas de gerenciamento e negócios.

“A demanda por eletricidade vem aumentando devido ao crescimento econômico da região e, com o pico previsto durante a Copa, investimentos no sistema de distribuição são críticos para a prestação de serviços seguros e de qualidade”, afirma Sylvia Larrea, líder de projeto do BID.

O empréstimo tem prazo de 24 anos, período de desembolso de quatro anos e de carência também de quatro anos. A taxa de juros e variável e baseada na LIBOR.

Jump back to top