Pular para o conteúdo principal
BID apresenta o ConectaLAC: a primeira ferramenta analítica de mapeamento de dados sobre conectividade digital para a América Latina e o Caribe

NOVA YORK – O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) apresentou hoje o ConectaLAC, uma plataforma pioneira de análise digital que ajudará governos e investidores a identificar oportunidades e elaborar projetos custo-efetivos para fechar as lacunas de conectividade digital na América Latina e no Caribe.

O presidente do BID, Ilan Goldfajn, apresentou a plataforma no SDG Digital, um evento global durante o Dia de Aceleração dos ODS das Nações Unidas, convocado pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, com o apoio da União Internacional de Telecomunicações (UIT) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) como agências patrocinadoras. 

O ConectaLAC permite que os formuladores de políticas e investidores mapeiem populações, instituições e setores produtivos relevantes que não têm acesso à conectividade em nível nacional e regional em 26 países da América Latina e do Caribe. Essa plataforma inovadora fornece aos usuários ferramentas para elaborar projetos de conectividade que se baseiam em camadas exclusivas de dados (geografia, infraestrutura, densidade populacional e outros) para aumentar o impacto e a relação custo-benefício.

“O ConectaLAC fornece informações de alta qualidade que permitem que os países acelerem seus esforços para eliminar as lacunas digitais. A plataforma mede melhor o impacto socioeconômico dos projetos para que eles possam priorizar os que são mais impactantes para o desenvolvimento”, disse o presidente Goldfajn. “Essa solução baseada em dados é uma contribuição importante para a Agenda de Aceleração dos ODS, pois ajuda a superar a falta de boas informações como uma barreira fundamental para uma maior mobilização de recursos.”

A infraestrutura pública digital é considerada um acelerador dos objetivos de desenvolvimento sustentável pela Declaração dos Líderes do G20 e uma alta prioridade pelo Secretário-Geral da ONU. Cerca de 2,6 bilhões de pessoas, ou 33% da população mundial, têm acesso limitado ou nenhum acesso à Internet, de acordo com a recém-publicada Agenda de Aceleração Digital dos ODS, um relatório conjunto da UIT, do BID e do PNUD. Para atingir os objetivos de desenvolvimento sustentável, os países precisam de cerca de US$ 400 bilhões para fechar essa lacuna, conforme o relatório.

O ConectaLAC também apresenta uma ferramenta técnica e de visualização que estima os impactos associados a diferentes projetos de conectividade, o que facilita o relacionamento com a sociedade civil e outras partes interessadas durante a fase de desenho e implementação de um projeto.

Espera-se que o ConectaLAC esteja disponível ao público até o final do ano, oferecendo um recurso importante para impulsionar a América Latina e o Caribe rumo a uma região mais conectada digitalmente.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Estabelecido em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e do Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisa de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes do setor público e privado em toda a região. Acesse nosso tour virtual.

Contato de Imprensa

Nicaretta,Romina Tan

Nicaretta,Romina Tan

Funez,Angela

Funez,Angela
Você também pode estar interessado em

Blog post: ConectaLAC: Responding to the Triple Challenge with a Network Logic for Connectivity

Leia mais

Platform ConectaLAC (Video)

Leia mais
Jump back to top