Pular para o conteúdo principal

BID anuncia início do processo de eleição para Presidente da instituição

  • Países membros podem propor candidatos

A Secretaria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) comunicou aos Governadores do Banco que está aberto o processo de apresentação de candidatos ao cargo de próximo presidente da instituição.

Os governadores podem propor candidatos nos próximos 45 dias.

O Presidente do BID é eleito pela Assembleia de Governadores, na qual cada um dos 48 países membros é representado por seu Governador.

Para ser eleito, o candidato deve obter a maioria dos votos dos países membros. O poder de voto varia de acordo com o número de ações detidas por cada país membro do capital ordinário do BID. O candidato vencedor também deve ter o apoio de pelo menos 15 dos 28 países regionais.

O Presidente é eleito por um período de cinco anos, podendo ser reeleito apenas uma vez.

Sob a direção da Presidente interina. Reina Irene Mejía, o BID continua cumprindo normalmente sua missão de melhorar a vida de seus 26 países mutuários.

“O BID tem um histórico de contribuição para o progresso e desenvolvimento da região há mais de seis décadas”, disse Mejía. “O trabalho do BID é construído sobre bases institucionais sólidas, altos valores éticos e excelência operacional. A nossa instituição está agora mais forte e mais empenhada em continuar a fazer a diferença, de maneira positiva, na vida das pessoas”, acrescentou.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.

Contato de Imprensa

Bachelet,Pablo A.

Press Coordinator

pbachelet@iadb.org
Bachelet,Pablo A.
Jump back to top