Pular para o conteúdo principal
BID ajuda a aumentar a eficiência na administração dos gastos sociais no Brasil

Programa de US$ 1,5 bi inclui linha de crédito e uma primeira operação para apoiar a melhoria do desenvolvimento infantil da população beneficiária do Programa Criança Feliz.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou uma Linha de Crédito Condicional para Projetos de Investimento (CCLIP), chamada de Programa de Modernização da Despesa Social no Brasil e uma primeira operação individual de aprimoramento de políticas públicas para primeira infância no país.

Nas últimas duas décadas, o Brasil experimentou uma melhora nos indicadores sociais. O alcance da educação infantil e pré-escolar cresceu de 3,5 milhões de crianças para 5 milhões. A cobertura na educação primária é universal e cresceu em todos os outros níveis educacionais. Da mesma forma, a taxa de mortalidade infantil diminuiu 60% e a taxa de mortalidade materna 50%. Além disso, entre 2006 e 2016, foram criados cerca de 11 milhões de empregos formais no país. Em 2018, 89% das pessoas com 65 anos ou mais recebiam uma pensão contributiva ou não contributiva.

No entanto, o país apresenta resultados abaixo do esperado, dados os níveis de gastos sociais. Para apoiar o Governo do Brasil a aumentar a eficiência na administração destes gastos, os recursos poderão ser aplicados por meio de três modalidades: fortalecimento das capacidades de gestão operacional no nível setorial; fortalecer as capacidades de gestão estratégica das instituições do setor; e melhorar a prestação de serviços sociais de alta qualidade.

A primeira operação no âmbito da linha de crédito busca contribuir para a melhoria do desenvolvimento infantil da população beneficiária do Programa Criança Feliz (PCF) de forma mais eficiente, aprimorando e qualificando suas ações. Para isso buscará melhorar a qualidade das ofertas do PCF para o desenvolvimento infantil e fortalecer sua gestão. Espera-se que isso amplie o escopo do programa para atingir três milhões de beneficiários.

O empréstimo de US$ 1,5 bilhão será executado no prazo de cinco anos, tem prazo de amortização de 25 anos e taxa de juros LIBOR.

Contato de Imprensa

Borges De Padua Goulart Janaina

Borges De Padua Goulart Janaina
Contactos de Prensa Externos

Andrea Ortega

Andrea Ortega
Additional Contacts

Mac Arthur,Ian William

Mac Arthur,Ian William
Jump back to top