Pular para o conteúdo principal
Microempresários de serviços de alimentação de baixa renda em São Paulo terão maior acesso ao crédito

O Banco Interamericano de Desenvolvimento aprovou um empréstimo de US$ 10 milhões para ajudar a grande distribuidora atacadista Tenda Atacado Ltda. a ampliar seu programa de crédito para microempresários de baixa renda do setor alimentício no estado de São Paulo, no Brasil.

O empréstimo da Iniciativa Oportunidades para a Maioria do Banco aumentará o acesso de vendedores de rua, pequenos estabelecimentos de alimentação e outros pequenos fornecedores de alimentos conhecidos como Transformadores — porque transformam matéria-prima alimentícia em produtos prontos para o consumo — a crédito e capacitação profissional.

Os recursos do empréstimo financiarão as necessidades de capital de giro dos Transformadores; a aquisição de ativos produtivos como aparelhagem, equipamentos, carrinhos, balcões, etc., além de reparos e melhorias em seus ativos produtivos. Será implementado um programa de capacitação para ajudar a melhorar as habilidades comerciais e aumentar a renda de um setor que emprega mais de cinco milhões de pessoas.

Muitos microempresários precisam voltar à loja várias vezes por dia simplesmente porque seu fluxo de caixa não lhes permite comprar todos os suprimentos necessários de uma só vez. O crédito de capital de giro para compra de suprimentos os ajudará a poupar tempo e dinheiro.

O acesso a financiamento para as necessidades de capital de giro e pequenas despesas de capital permitiria que os Transformadores administrassem melhor suas operações e fluxos de caixa, melhorassem a produtividade e aumentassem as vendas, o que, por sua vez, lhes possibilitaria atender melhor as necessidades cotidianas de suas famílias.

A Iniciativa Oportunidades para a Maioria do BID promove modelos empresariais sustentáveis baseados no mercado que envolvam empresas privadas, governos locais e comunidades na entrega de produtos e serviços de qualidade a fim de melhorar a qualidade de vida de setores de baixa renda.

O empréstimo é complementado por uma doação para assistência técnica de US$ 270.000 do Fundo Coreano para Redução da Pobreza que ajudará a financiar o programa de capacitação.

Jump back to top