Pular para o conteúdo principal
Estrada abre o país ao Pacífico

A parte boliviana da nova e importante estrada pavimentada que une La Paz, Bolívia, ao porto peruano de Ilo está programada para terminar em junho.
A nova estrada é a segunda que une este país não-marítimo ao Pacífico. Há três anos, foi concluída a estrada de 600 quilômetros entre La Paz e o porto de Arica no Chile. As partes bolivianas das duas estradas foram construídas com a ajuda de financiamento do BID.

A nova estrada, que cruza a fronteira boliviana na cidade de Desaguadero perto do lago Titicaca, foi construída pela empresa brasileira Queiroz Galvão. A construção da estrada inclui medidas para proteger o meio ambiente e os sítios arqueológicos, em particular as ruínas do centro pré-incaico de Tiwanaku.

Os US$95 milhões de financiamento do BID incluem uma estrada para a planície ao norte do país que é importante zona agrícola.

A conclusão da estrada ajudará a Bolívia a exportar produtos não-tradicionais e a reduzir os custos do transporte interno de bens básicos, como carne, arroz, soja, milho, banana, café, cacau e frutas.

O lado peruano da nova estrada, que tem 397 quilômetros, foi terminado o ano passado.
 

Jump back to top