Pular para o conteúdo principal
BID@WWW

O website do Banco www.iadb.org contém centenas de páginas de relatórios, dados estatísticos, estudos e outras informações que não estão disponíveis em nenhum outro lugar. A seguir, uma seleção das novidades.

As melhorias na qualidade da educação primária na América Latina, conquistadas a duras penas, levaram a um aumento da demanda pela escola secundária. Em "Secondary Education in Latin America and the Caribbean: The Challenge of Growth and Reform", os especialistas em educação do BID Claudio de Moura Castro e Laurence Wolff exploram a necessidade de aumentar o enfoque na aprendizagem e na medição dos resultados; tornar o ensino mais eficaz; reformar a gestão do ensino; e outras questões que afetam o futuro dos alunos do ensino médio na América Latina. Para solicitar uma cópia, envie um e-mail para sds/edu@iadb.org.

Todos sabem que deve-se temer o fenômeno climático El Niño. Mas somente agora estamos começando a entender o espectro completo de seus efeitos. Em "Economic and Social Effects of El Niño in Ecuador, 1997-98", os especialistas do BID Margarita Velasco e Edgar de Labastida oferecem uma avaliação ponderada. Para solicitar uma cópia, envie um e-mail a alexanderk@iadb.org

Por que certas sociedades preferem economizar enquanto outras são mais propensas a gastar? A baixa taxa de poupança da maioria dos países latino-americanos é considerada uma séria limitação a seu desenvolvimento econômico. Um estudo que envolve vários países empreendido pela Rede de Pesquisa do BID em 1997 examinou as determinantes das taxas de poupança interna do Chile, da Colômbia, do Uruguai e da Venezuela, juntamente com o vínculo entre liberação do comércio e poupança privada na Espanha. Esses estudos agora estão disponíveis on-line em www.iadb.org/oce

Até onde deve ir a autonomia das instituições públicas? Quando se trata de bancos centrais e de órgãos de regulamentação em setores como telecomunicações e energia, essa pergunta nunca é respondida de maneira plenamente satisfatória. Em outro estudo regional, a Rede de Pesquisa do BID examinou o grau de autonomia administrativa de instituições governamentais na Argentina, no Chile, na Colômbia, na Venezuela e no Peru e suas conseqüências para o desenvolvimento. Veja www.iadb.org/oce para obter mais detalhes.
 

Jump back to top