Pular para o conteúdo principal
BID, BID Invest e Reino Unido ampliam colaboração para impulsionar a ação climática na América Latina e no Caribe

• O Grupo BID e o Reino Unido expandem o escopo do inovador Programa de Infraestruturas Sustentável do Reino Unido (UKSIP) com foco em adaptação e resiliência climáticas e soluções baseadas na natureza, bem como a redução de emissões.

• O programa incluirá a Bacia do Caribe e a América Central, e continuará a colaborar com os países parceiros existentes, Brasil, Colômbia, México e Peru.

DUBAI – Hoje, na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP28) de 2023, o Grupo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (Grupo BID) e o Governo do Reino Unido anunciaram que vão ampliar a colaboração por meio de uma nova fase do Programa de Infraestrutura Sustentável do Reino Unido (UKSIP).

A nova fase reconhece as necessidades de financiamento climático em toda a América Latina e Caribe: reduzir as emissões, adaptar-se às mudanças climáticas, garantir que as infraestruturas e as comunidades sejam resilientes aos seus efeitos, e investir em soluções custo-efetivas baseadas na natureza. 

O programa irá, portanto, ter como escopo a adaptação, a resiliência e a natureza. Esta abordagem responde aos compromissos assumidos pelas partes interessadas na COP26 organizada pelo Reino Unido, de duplicar o financiamento climático para a adaptação - que o Reino Unido se comprometeu a desenvolver triplicando o seu financiamento para a adaptação até 2025 - bem como aos compromissos assumidos durante a Convenção de Kunming-Montreal sobre Diversidade Biológica no ano passado para mobilizar financiamento para a natureza.

A nova fase inclui países pequenos e insulares na bacia do Caribe e na América Central, e mantém a colaboração com os países parceiros existentes, Brasil, Colômbia, México e Peru.

O programa fornece apoio de cooperação técnica aos setores público e privado para desenvolver políticas, infraestruturas de mercado e projetos de investimento que podem ser replicados e escalados. Além disso, fornece recursos concessionais para financiamento misto (blended finance), incluindo dívida, equity, garantias e incentivos baseados no desempenho, para apoiar e desenhar projetos de infraestrutura sustentável e mobilizar investimento privado na ação climática.

Antecedentes

Em 2017, o governo do Reino Unido lançou o UKSIP com o Grupo BID, para apoiar os países a atrair investimento privado em infraestruturas sustentáveis, o que ajuda os países a reduzir as emissões, ao desenvolver energias renováveis, transportes limpos e infraestrutura de água e saneamento, que apoiam o progresso em direção aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs).

O Reino Unido investiu mais de US$ 80 milhões através do UKSIP, apoiando mais de US$ 7,2 bilhões de dólares em financiamento para a ação climática. O BID Invest combinou este investimento do Reino Unido com o BID e capital privado para financiar projetos pioneiros com modelos de negócios inovadores, mobilizando novos investidores e provando que novos investimentos climáticos podem gerar retornos financeiros. Por exemplo, em Bogotá, Colômbia, o programa apoiou a compra de 400 ônibus elétricos sob um modelo de aquisição inovador e atraiu investimento do setor privado para esta nova classe de ativos, acelerando a adoção da eletromobilidade nos transportes públicos na América Latina e no Caribe. No total, estes investimentos deverão reduzir ou evitar 18,8 milhões de toneladas de emissões de gases de efeito de estufa (MtCO2e) ao longo da vida dos ativos.

Por meio de assistência técnica, o programa estabeleceu e reforçou marcos institucionais e de regulação nas áreas de energia, transportes, água e saneamento e mercados financeiros. O programa apoiou ainda projetos do setor privado para atrair financiamento. Por exemplo, o programa forneceu financiamento de assistência técnica para apoiar o desenho de leilões de energia a longo prazo para energias renováveis na Colômbia e, subsequentemente, participou num pacote de financiamento a longo prazo em moeda local, incluindo capital privado, para o desenvolvimento de dois dos primeiros projetos solares que ganharam contratos no programa de leilões.

Ao investir na adaptação e na resiliência e em soluções baseadas na natureza, bem como na redução das emissões e ao ampliar o apoio a toda a Bacia das Caribe, a parceria entre o Grupo BID e o Reino Unido visa contribuir para um futuro resiliente e sustentável para as comunidades em toda a região.

Citações

Ilan Goldfajn, Presidente do BID, disse: “O sucesso do UKSIP é uma prova do poder das parcerias. Nos últimos cinco anos, os nossos esforços conjuntos com o governo do Reino Unido ajudaram a atrair investimentos privados em projetos sustentáveis que estavam alinhados com os objetivos dos governos nacionais do Brasil, Colômbia, México e Peru. O nosso objetivo é ampliar estas iniciativas ao Caribe e América Central, onde o impacto das mudanças climáticas é particularmente pronunciado.”

James Scriven, CEO do BID Invest, disse: "Estamos entusiasmados em aproveitar o sucesso do UKSIP combinando o investimento do Reino Unido em projetos climáticos pioneiros. O BID Invest continua a ser um líder em mudanças climáticas, incluindo o Alinhamento ao Acordo de Paris de todos os nossos novos investimentos, e estamos integrando cada vez mais a ação climática e a natureza aos nossos investimentos. A expansão do escopo desta parceria com o Reino Unido fortalece a nossa capacidade de apoiar, investir e mobilizar recursos para soluções inovadoras em adaptação climática e natureza lideradas pelo setor privado, especialmente em economias pequenas e insulares."

O Ministro de Estado do Reino Unido para o Desenvolvimento Internacional, Andrew Mitchell, afirmou: “Para acabar com a pobreza extrema e enfrentar as mudanças climáticas e a perda de biodiversidade, devemos mobilizar o financiamento internacional e aumentar o investimento do setor privado no desenvolvimento. Para apoiar a América Latina e o Caribe nesse esforço, tenho o prazer de ampliar a colaboração do Reino Unido com o BID.”

 

President of the IDB, Ilan Goldfajn; UK Minister of State for International Development, Andrew Mitchel and CEO of IDB Invest, James Scriven, during signing of agreement.

(De esquerda a direita). O Presidente do BID, Ilan Goldfajn; o Ministro de Estado do Reino Unido para o Desenvolvimento Internacional, Andrew Mitchell e o CEO do BID Invest, James Scriven; durante a assinatura do acordo.

 

América Latina e Caribe na COP28

Os países da América Latina e do Caribe são parte crítica da solução para os desafios climáticos globais. No Pavilhão das Américas do BID, o Banco organiza mais de 30 eventos com líderes e especialistas internacionais para apresentar iniciativas em ação climática, desde instrumentos financeiros de ponta até a conservação e uso sustentável dos recursos naturais, Amazônia, transição justa da economia, entre outros. Jornalistas que cobrem a COP28 em Dubai podem visitar o pavilhão, sem necessidade de registro. Consulte aqui a programação dos eventos. Para jornalistas que cobrem a COP28 remotamente, é necessário registrar-se para ter acesso às transmissões de eventos selecionados.

Local: Pavilhão das Américas do BID no Pavilhão Blue Zone, Opportunity District (OA04G2), Pavilhão #56

 

Sobre o Grupo BID 

O Grupo BID é a principal fonte de financiamento do desenvolvimento para a América Latina e o Caribe. Contribuímos para melhorar vidas, fornecendo soluções financeiras e expertise de desenvolvimento para clientes dos setores público e privado. O Grupo é composto pelo BID, que tem trabalhado com governos há mais de 60 anos; o BID Invest, que atende o setor privado; e o BID Lab, que testa maneiras inovadoras para promover um crescimento mais inclusivo. Acesse nosso tour virtual

Sobre FCDO

O Foreign Commonwealth and Development Office é o ministério do governo do Reino Unido (FCDO por suas siglas em inglês) responsável pelo desenvolvimento internacional. Leia mais sobre o plano do Reino Unido para acelerar o progresso para eliminar a pobreza extrema e abordar as alterações climáticas e a perda de biodiversidade aqui.

Contato de Imprensa

Garcia,Geraldine

Garcia,Geraldine
Você também pode estar interessado em

Jump back to top