Notícias

PPI e BID debatem usos múltiplos e estratégias para conservação do espaço marinho no país
  • Webinar também irá apresentar estudos sobre licenciamento ambiental offshore no Brasil, estratégias de preservação e perspectivas 

O Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com apoio do Ministério da Infraestrutura, Ministério de Minas e Energia e Ministério do Meio Ambiente, realizam, no dia 23 de novembro, o 1º Webinar “Infraestrutura logística, atividades econômicas e uso do espaço marinho”. O evento contará com a participação do Secretário Especial Adjunto do PPI, Bruno Westin, e do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, além do representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, do Chefe da Divisão de Transportes do BID, Nestor H. Roa, e do secretário-executivo adjunto do Ministério de Minas e Energia, Bruno Eustáquio.

“A ideia é abordar, de forma mais ampla, as múltiplas potencialidades e atividades econômicas relacionadas ao espaço marinho, como exploração e produção de petróleo, transporte marítimo, pesca e turismo, a partir de uma perspectiva sustentável e buscando as melhores práticas de conservação ambiental”, destaca o Secretário Especial Adjunto do PPI, Bruno Westin.

O evento é um dos resultados de uma cooperação entre BID e PPI com o objetivo de apoiar o desenho de estratégias e instrumentos para a estruturação de projetos de infraestrutura com participação privada no Brasil.  Para participar basta fazer a inscrição pelo link: https://tinyurl.com/espacomarinho.

Na ocasião, serão divulgados os estudos elaborados pela consultoria Arcadis, contratada no âmbito da cooperação técnica, que buscou a elaboração de diretrizes para o licenciamento ambiental das atividades de exploração e produção de petróleo e gás offshore no Brasil, visando o aprimoramento do procedimento de licenciamento ambiental e dos programas e medidas de mitigação e compensação.  

O representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, destaca que a sustentabilidade tem uma importância muito significativa para as economias que dependem da zona costeira brasileira, onde há um mosaico de ecossistemas de alta relevância ambiental. “Os aumentos no nível do mar, de temperatura e mudanças nos padrões de chuvas irão resultar em um custo anual, até o ano 2050, estimado de cerca de 2-4% do PIB da região.  Por isso, no BID, apoiamos iniciativas que estejam alinhadas com os pilares da sustentabilidade, impulsionando mudanças no jeito de fazer negócios e abrindo oportunidades para inovar", acrescentou.   

Programado para acontecer das 10h às 12h, o Webinar contará com dois painéis: “Usos múltiplos dos espaços e recursos marinhos” e “Resultados do estudo para aprimoramento do licenciamento ambiental de P&G offshore”, com participação de representantes do BID, Ministério da Infraestrutura, Ministério de Minas e Energia, Ministério do Meio Ambiente, Ibama Secretaria da Aquicultura e Pesca, IPHAN e da Arcadis, consultoria contratada para os estudos pelo BID.  

Clique aqui para fazer sua inscrição no evento: https://tinyurl.com/espacomarinho.

Sobre o BID  

A missão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) é melhorar vidas. Fundado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional na América Latina e no Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisa de ponta e presta assessoria política, assistência técnica e treinamento a clientes públicos e privados de toda a região.