News banner image

Notícias

MiBanco ampliará empréstimos para mulheres microempresárias com ajuda de pacote do BID

O Mibanco – Banco de la Microempresa S.A. ampliará os microfinanciamentos para mulheres empresárias no Peru com o equivalente a US$ 36 milhões em soles peruanos fornecidos pelo programa de empréstimos consorciados do BID.

O empréstimo consorciado é constituído de um empréstimo A, em soles, de valor equivalente a US$ 10 milhões com recursos próprios do BID e de um empréstimo B, também em soles, de valor equivalente a US$ 26 milhões, fornecido por um consórcio de investidores privados por meio da venda de participações. Atuando como principal organizador do empréstimo, o BID ajudou o MiBanco a alavancar recursos do Dexia-Microcredit Fund administrado pela Blue Orchard S.A., do Oikocredit e da Calvert Foundation.

Thumbnail

A transação representa dois marcos para o BID. É o primeiro empréstimo B realizado em moeda local e o primeiro empréstimo B consorciado inteiramente com investidores socialmente responsáveis.

É também a primeira vez que uma instituição de microfinanças da América Latina obtém um empréstimo em moeda local.

Além do empréstimo consorciado, o BID também contribuiu mais no início deste ano para mobilizar um empréstimo adicional em valor equivalente a US$ 9 milhões, também em soles peruanos, da Société de Promotion et de Participation pour la Coopération Economique S.A. ((PROPARCO).

Como resultado dessas iniciativas, o MiBanco obteve acesso a financiamento de médio prazo em moeda local para financiar o Crecer Mi Negocio, um ambicioso novo programa de crédito voltado para mulheres empresárias que oferecerá empréstimos de médio prazo com valores de algumas poucas centenas de dólares a até US$ 3.000 para a compra de novos ativos imobilizados ou o financiamento de melhorias em negócios já existentes.

Com uma doação de US$ 3 milhões do Fundo Multilateral de Investimentos do BID, o MiBanco está executando outro programa para oferecer capacitação a 100.000 mulheres empresárias no Peru. Esse programa também é apoiado pela Austrália por meio de sua agência de desenvolvimento AusAID, que contribuiu com US$ 1,6 milhão para a iniciativa, e pela Thunderbird School of Global Management.

O MiBanco tem mais de 500.000 clientes e 150 agências por todo o país.