News banner image

Notícias

Especialistas internacionais discutem soluções para doenças tropicais negligenciadas no Brasil

Essas doenças continuam a ser um problema de saúde pública no Brasil e em outros países da América Latina e do Caribe,aonde são afetadas mais de 100 milhões de pessoas. Mais de 130 participantes de nove países da América Latina e Caribe e da África se reunirão nos dias 6 e 7 de junho em Recife, Brasil, no âmbito da conferência internacional "Doenças Negligenciadas: Do planejamento à ação", organizada pelo http://www.iadb.org/salud e patrocinada pela Organização Pan-Americana da Saúde, o Sabin Vaccine Institute e a Rede Global para Doenças Tropicais Negligenciadas.

Durante o evento, serão discutidos modelos integrados de intervenção de saúde pública para combater doenças como a hanseníase, a filariose e as parasitas intestinais. Entre os temas a serem considerados estão:

- Modelos de intervenção dos projectos demonstrativos integrados para doenças negligenciadas apoiados pelo BID em Recife (Brasil), Chiapas (México), Georgetown (Guiana) e Haiti.

- Análise dos modelos de integração de iniciativas de saúde com atividades em outros setores, principalmente educação, água e saneamento.- Instrumentos de avaliação para projetos de eliminação de doenças negligenciadas.

O QUE: Doenças Negligenciadas: Do planejamento à ação

QUANDO: 6 e 7 de Junho, 8:30-17:00 horas

ONDE: Auditório Espaco Ciência e Cultura do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP). Rua Dois Coelhos 300, Boa Vista, Recife, Pernambuco, Brasil.

QUEM: Dr. Antônio Carlos dos Santos Figueira, Secretário de Saúde do Estado de Pernambuco, Brasil; Dr. Jeann Marie Marcelino da Rocha, Coordenação geral de hanseníase e doenças de eliminação do Ministério da Saúde do Brasil; Dr. Square Mkwanda, do Ministério da Saúde do Malawi; Dr. Shamdeo Persaud, Diretor Médico do Ministério da Saúde da Guiana; Dr. Ignez Tristao, Especialista Sênior em protecção social e saúde do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Durante o evento, representantes da Guiana, México, Malawi, Haiti, Peru, Colômbia, Guatemala e Honduras vão participar de uma sessão de treinamento sobre a metodologia para projetos e avaliação de programas de desparasitação.

Haverá entrega de prêmios para as escolas ganhadoras do concurso "Cantando pela saude", promovido pelo projeto demonstrativo do BID na área metropolitana do Recife. O concurso seleccionou as melhores canções desenvolvidas pelos alunos e professores falando sobre prevenção e controle das doenças negligenciadas.