News banner image

Notícias

Fórum BID–Sociedade Civil promove diálogo sobre crescimento sustentável na América Latina e Caribe

Mais de 400 representantes da sociedade civil, setor público e setor privado da região se reúnem por dois dias na República Dominicana

***Acompanhe o evento ao vivo por Livestream nos dias 8 e 9 de novembro***

SANTO DOMINGO, República Dominicana  - Mais de 400 representantes de organizações da sociedade civil da América Latina e do Caribe se reuniram na capital da República Dominicana para o início de um debate animado de dois dias sobre formas inovadoras de garantir o crescimento sustentável da região e, assim, melhorar vidas para esta geração e para as gerações futuras.

Nesta XVI Reunião Anual do Grupo BID com a Sociedade Civil,os participantes colaboraram ativamente na busca de novas alternativas diante dos obstáculos ao desenvolvimento enfrentados pela região, fazendo uso de novas tecnologias, inovação e um sistema tributário mais justo e eficiente para que mais recursos estejam disponíveis para financiar programas de desenvolvimento essenciais.

A ampla agenda do encontro, nos dias 8 e 9 de novembro, inclui um exame aprofundado da necessidade urgente de políticas de mitigação e adaptação para se preparar para os efeitos da mudança climática, que representa um grande desafio para as economias da região, as quais dependem muito da produção agrícola e do turismo e são vulneráveis a mudanças extremas nos padrões climáticos. Entre outros temas da agenda estão gênero e violência e a insegurança viária e seu impacto para a saúde pública.

“Para alcançar um crescimento sustentável é necessário que inovemos cada vez mais”, disse Alexandre Meira da Rosa, Vice-presidente de Países do BID. “As novas tecnologias poderão nos ajudar a encontrar respostas para os grandes desafios que a nossa região enfrenta, mas, ao mesmo tempo, precisamos trabalhar juntos para assegurar que as soluções sejam amigáveis para o meio ambiente, e sustentáveis no longo prazo”, acrescentou.

O BID, uma das maiores fontes de financiamento para o desenvolvimento na região desde sua fundação em 1959, mantém um relacionamento permanente com organizações não governamentais e outros representantes da sociedade civil por meio de Representações em seus 26 países membros mutuários na região, a fim de promover intercâmbios e avanços sobre temas de desenvolvimento. Como parte desse diálogo são organizados encontros regionais em diferentes países da região. A reunião deste ano também contou com a presença de representantes do Governo da República Dominicana, participantes do setor privado e do setor público e especialistas do BID.

Uma novidade este ano foi a organização de um Ideaton, uma metodologia de colaboração aberta projetada para incentivar os participantes a trazerem soluções inovadoras para lidar com temas de políticas fiscais na região, a fim de melhorar a arrecadação e, assim, poder financiar programas essenciais de desenvolvimento.

Entre os oradores convidados estão Doris Sommer, professora na Universidade de Harvard, conhecida por suas pesquisas sobre as ideias inovadoras para o desenvolvimento social propostas por líderes políticos e artísticos da América Latina e outras partes do mundo.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.