News banner image

Notícias

China Eximbank e BID expandem atividade comercial

CHENGDU, China – O Export-Import Bank of China (“China Eximbank”) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (“BID”) assinaram uma Carta de Intenções para estimular o comércio entre a China e a América Latina e Caribe (“LAC”) na Cúpula Empresarial China-LAC que se realiza em Chengdu, China, em 21 e 22 de outubro de 2010.

O Fórum foi organizado pelo Setor de Integração e Comércio (INT) e pelo Escritório de Parcerias Estratégicas (ORP) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pelo Conselho Chinês para o Fomento do Comércio Internacional (CCPIT), em estreita colaboração com o Banco Popular da China e o governo provincial de Sichuan.

A Carta de Intenções detalha a parceria e a estrutura do acordo em que o BID e o China Eximbank co-financiarão empréstimos para o comércio no âmbito do Programa de Facilitação do Financiamento ao Comércio (“TFFP”) do BID. A parceria financiará até US$ 200 milhões em atividades comerciais durante qualquer determinado período, por um período inicial de dois anos. O co-financiamento do China Eximbank segundo esse acordo será exclusivamente para transações comerciais entre a LAC e a China.

“Esta parceria fortalece o importante vínculo entre a China e a América Latina e o Caribe, aumentando o montante de financiamento disponível para a atividade comercial entre as duas regiões. Como o comércio é um motor econômico fundamental para as economias tanto da LAC como da China, acreditamos que a parceria entre o China Eximbank e o BID será uma iniciativa decisiva para apoiar o aumento da atividade comercial”, disse o presidente do BID, Luis Alberto Moreno.

O Export-Import Bank of China (China Eximbank)

O China Eximbank é um banco executor de políticas governamentais que desfruta da mesma classificação internacional de crédito que o governo chinês. Como uma força importante na promoção do comércio internacional e da economia e um componente de peso do sistema financeiro, o China Eximbank vem agindo como um canal fundamental de financiamento de políticas tanto de importação/exportação chinesa de produtos eletrônicos e mecânicos, equipamentos completos e produtos de última tecnologia como da execução de contratos de construção offshore e projetos de investimento no exterior por parte de empresas chinesas. Também é um importante banco de repasse de empréstimos de governos estrangeiros e o único banco que opera o programa de crédito subsidiado do governo chinês.

TFFP

O BID lançou o TFFP em 2005 para oferecer garantias de crédito voltadas a estimular o financiamento ao comércio de empresas latino-americanas e caribenhas. Em dezembro de 2008, o BID expandiu o TFFP de seu limite original de US$ 400 milhões para um máximo de US$ 1 bilhão, em resposta à crise econômica mundial. O programa também foi modificado para permitir a emissão de empréstimos e apoiar transações em outras moedas que não o dólar norte-americano. Desde seu início, o programa construiu uma rede de 67 bancos emissores na LAC, com mais de US$ 1,16 bilhão em linhas de crédito aprovadas, e 231 bancos confirmadores na LAC, América do Norte, Europa, Ásia e África. Até o momento, o BID forneceu empréstimos e emitiu garantias em um valor de mais de US$ 750 milhões em apoio a aproximadamente 1.000 transações comerciais individuais em um total de mais de US$ 1 bilhão.

Banco Interamericano de Desenvolvimento

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) oferece recursos e produtos financeiros para ajudar os países da América Latina e Caribe a reduzir a pobreza e a desigualdade de uma maneira sustentável. O BID procura criar oportunidades de cooperação com outros países. É o primeiro e o maior banco de desenvolvimento regional e a principal fonte de financiamento multilateral para a região.