News banner image

Notícias

Cúpula Empresarial China-LAC abre com mais de 1.000 participantes inscritos

CHENGDU, China – Mais de mil autoridades governamentais e empresários da América Latina e Caribe, China, Japão e Coreia participaram hoje da sessão de abertura da Cúpula Empresarial China-LAC com altas autoridades chinesas e executivos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Os participantes receberam as boas-vindas do governador da província de Sichuan, Jiang Jufeng; do presidente do Conselho Chinês para o Fomento do Comércio Internacional (CCPIT), Wan Jifei; do presidente do Banco Popular da China, Zhou Xiaochuan; e do presidente do BID, Luis Alberto Moreno.

“A China tornou-se um país membro do BID em janeiro de 2009 e tanto a China como a América Latina e o Caribe estão ansiosos para aumentar seu comércio e investimentos”, disse Moreno. “Por meio deste fórum, o BID procura expandir e fortalecer os vínculos comerciais entre a Ásia, e especialmente a China, e a América Latina e o Caribe, promovendo investimentos e facilitando a identificação de oportunidades de negócios.”

“A China é hoje o maior parceiro comercial da América Latina e do Caribe depois dos Estados Unidos e acreditamos que existam oportunidades de negócios importantes para empresários de ambos os lados do Pacífico”, acrescentou Moreno. “Com tantas das economias mais ricas passando por períodos de baixo crescimento, uma maior cooperação Sul-Sul tanto no setor público como no privado está se tornando cada vez mais essencial.”

Esta cúpula China-LAC é parte da série de Fóruns Ásia-LAC que o Banco Interamericano de Desenvolvimento tem organizado em anos recentes. Houve um fórum em 2007, na Coreia, e outro em 2008, no Japão.

O BID está organizando o evento de 21-22 de outubro com o Conselho Chinês para o Fomento do Comércio Internacional (CCPIT) e em estreita colaboração com o Banco Popular da China e com o governo provincial de Sichuan.

Autoridades governamentais de primeiro escalão e executivos estão participando de mesas-redondas setoriais para analisar as condições e oportunidades de negócios atuais. Entre os oradores estarão Nizan Guanaes, diretor executivo do Grupo ABC; Guan Dong Yuan, diretor administrativo da EMBRAER CHINA; Luis Fernando Alarcón, diretor executivo da ISA; Antonio Neto, diretor financeiro da Los Grobo; Marcelo Claure, diretor executivo da BRIGHTSTAR; Gesner Oliveira, presidente da SABESP; Jeffrey Davidow, presidente do Instituto de las Americas; e Anabel González, ministra do Comércio da Costa Rica.

Nesse fórum, os participantes discutirão como fazer negócios na China e na América Latina e como promover o crescimento sustentável. Além das mesas-redondas com especialistas, haverá oportunidades para reuniões individuais dos participantes da América Latina e Caribe com parceiros potenciais da Ásia para identificar oportunidades de investimento em áreas como infraestrutura, energia sustentável, mineração, turismo e serviços e com compradores potenciais de bens e serviços.  Para esse fim, o BID e o CCPIT oferecerão gratuitamente serviços de busca de possíveis parceiros online para os participantes inscritos do setor privado. Os organizadores estabeleceram centenas de reuniões individuais.

O Fórum foi organizado pelo Setor de Integração e Comércio e pelo Escritório de Parcerias Estratégicas do Banco Interamericano de Desenvolvimento.