News banner image

Notícias

Mulheres grávidas no Peru melhorarão sua saúde por meio de telefones celulares

Em um esforço revolucionário de usar a tecnologia móvel para melhorar o acesso a atendimento de saúde, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Universidade Peruana Cayetano Heredia (UPCH) e a Movistar lançaram um projeto piloto que beneficiará 5.000 mulheres grávidas de baixa renda em Callao, no Peru.

O projeto, conhecido como “Wawanet”, usará mensagens de texto por telefones celulares para cuidar da saúde de mães e bebês, possibilitando que elas recebam informações personalizadas sobre nutrição e problemas potenciais na gravidez. Além disso, o projeto, com apoio da Divisão de Ciência e Tecnologia do BID, pretende integrar um sistema de históricos clínicos por meio da tecnologia móvel, na tentativa de melhorar os sistemas de informação materno-infantis.

O programa piloto será implementado na província de Callao, beneficiando inicialmente 5.000 mulheres grávidas em uma comunidade onde a UPCH vem trabalhando em projetos de saúde materna desde o começo de 2009.

O projeto é liderado pelo Dr. Walter H. Curioso, médico e professor pesquisador na UPCH, e pela Dra. Patricia García, médica e professora da Faculdade de Saúde Pública na UPCH.

Curioso disse que esse projeto procura desenvolver uma solução para os problemas de mortalidade materna no Peru, destacando que uma melhora na saúde de mães e bebês contribuiria também para que o país avançasse no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

García, por sua vez, observou que essa é uma oportunidade valiosa para criar uma parceria estratégica entre o BID, o setor de saúde de Callao, o governo provincial de Callao e a UPCH para promover a saúde, a educação, a ciência e a tecnologia.

“Prestar serviços de saúde usando telefones celulares de uma maneira sistemática é um dos desafios do desenvolvimento da tecnologia digital neste início do século XXI”, disse Rafael Anta, especialista da Divisão de Ciência e Tecnologia do BID. O projeto incluirá, portanto, um estudo de impacto e um exame de possíveis modelos de negócios que lhe permitiriam ser ampliado para escala nacional.

O “Wawanet” é parte do programa de assistência técnica não-reembolsável “Mobile Citizen” do BID, financiado com recursos do governo da Itália, que tem o objetivo de acelerar o desenvolvimento e a implementação de serviços baseados no uso de telefones móveis para ampliar a inclusão econômica e social de populações marginalizadas.