News banner image

Notícias

A Corporação Interamericana de Investimentos alcança resultados financeiros recorde pelo quinto ano consecutivo

MIAMI, EUA -- Em 8 de abril de 2008, a Corporação Interamericana de Investimentos (CII) apresentou seus resultados financeiros durante a vigésima terceira reunião de sua Assembléia de Governadores. O relatório foi ratificado pelos Governadores dos países membros da CII. De acordo com o relatório anual da CII, seu ativo total triplicou nos últimos cinco anos, atingindo US$ 1,24 bilhão no fim do ano de 2007.

A receita de juros para 2007 foi de US$ 131,8 milhões; os ganhos de capital, dividendos, e outras receitas totalizaram US$ 56 milhões durante o ano. Os ativos produtivos (líquidos de provisões) tiveram crescimento constante, de US$ 647 milhões em 2006 para US$ 800 milhões em dezembro de 2007. Os ativos relacionados com desenvolvimento respondem por 70,1% do ativo total da CII.

Sessenta e dois projetos foram aprovados em quinze países, num total de US$ 470 milhões e foram mobilizados US$ 273 milhões em financiamentos de outras fontes, elevando o total de financiamentos disponibilizados às empresas da região a US$ 743 milhões.

Os trinta e três projetos aprovados com a intermediação de instituições financeiras totalizaram US$ 370,3 milhões e representam 35,6% da carteira total da CII. A estratégia de trabalho com as instituições financeiras atingiu quatro metas chave: reduzir o montante médio das operações individuais e aumentar o número de beneficiários finais; alcançar maior flexibilidade dos produtos; diversificar a carteira; e promover o desenvolvimento institucional dos intermediários financeiros, principalmente os de menor porte. Nos últimos cinco anos, a Corporação desenvolveu parcerias-chave com mais de oitenta instituições financeiras na região.

Para cumprir seu mandato de desenvolvimento, a CII fortaleceu sua capacidade de responder às necessidades de seu mercado-alvo. Um exemplo é a criação do primeiro programa para instituições financeiras especializadas no México (IFEM), com US$ 30 milhões para ajudar as instituições financeiras participantes a aumentar suas carteiras de financiamento de PMEs. Outro é a consolidação de uma ferramenta de financiamento agilizado denominada Linha Rotativa para Pequenos Negócios (SBRL, pelo nome em inglês). Já foram aprovadas oito operações em economias de pequeno porte mediante esta linha. Para ampliar esta ferramenta, em 2007 a CII assinou acordos com agentes locais na Bolívia (Fundación Bolivia Exporta) e no Caribe de fala inglesa (DFLSA e ICWI).

O aumento na diversificação financeira da CII pode ser visto nos financiamentos em moeda local que tem proporcionado. Em 2007, foram aprovados financiamentos para onze operações em pesos argentinos, pesos colombianos, pesos mexicanos, reais, e nuevos soles peruanos. Essas operações totalizaram o equivalente a US$ 141 milhões – 13% do total das aprovações totais líquidas.

Outra iniciativa-chave da CII durante o ano foi o lançamento da segunda fase do programa inovador de financiamento de empresas de pequeno e médio porte denominado Financiación Innovadora de PYME (FINPYME). O programa prevê um exame diagnóstico dessas empresas. Com fundos vindos da República da Coréia, a CII assinou acordos com sete universidades da América Central, Panamá e República Dominicana, que foram treinadas para o uso da ferramenta FINPYME e agora são agentes FINPYME. Setenta e três empresas completaram a fase diagnóstica e oito estão prontas para receber financiamento da Corporação ou de outras instituições financeiras que dão seu apoio à iniciativa.

A CII também promoveu seu primeiro seminário sobre governança em empresas familiares, do qual participaram trinta representantes de dez empresas clientes.

A Corporação Interamericana de Investimentos é uma instituição financeira multilateral membro do Grupo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Proporciona financiamento (sob a forma de investimentos de capital, empréstimos, garantias e outros instrumentos) e serviços de assessoramento a empresas privadas da América Latina e do Caribe. A missão da CII é promover o desenvolvimento econômico de seus países membros regionais, estimulando o estabelecimento, a expansão e a modernização de empresas privadas, especialmente as de pequeno e médio porte. A CII aprovou cerca de US$ 3,07 bilhões em financiamentos desde o início de suas operações. Para obter informações mais detalhadas sobre as atividades da CII, favor consultar o site www.iic.int.