News banner image

Notícias

Vídeos de Argentina, Brasil, Colômbia, México e Peru vencem concurso de documentários do BID sobre exclusão social

O Banco Interamericano de Desenvolvimento anunciou, hoje, que cineastas da Argentina, do Brasil, da Colômbia, do México e do Peru venceram o concurso de documentários sobre exclusão social, tema do principal relatório do Departamento de Pesquisa do BID neste ano.

Os vídeos foram selecionados por um júri formado por especialistas do BID e cineastas independentes, entre mais de 120 obras de 15 países da América Latina e do Caribe inscritas no concurso “As Faces da Exclusão”.

Os documentários ajudarão a ilustrar vários aspectos da próxima edição do Relatório sobre Progresso Econômico e Social na América Latina e no Caribe (IPES 2008) do Departamento de Pesquisa do BID, que será apresentado em setembro próximo.

A cada ano o IPES se dedica a um tema específico relacionado com o desenvolvimento, buscando promover um debate mais profundo sobre o assunto em países membros do BID. Edições anteriores abordaram questões como dívida, competitividade, instituições e processos políticos e mercados de trabalho.

"O tema central do IPES 2008 será a exclusão, um fenômeno social, econômico e político que impede o acesso de milhões de pessoas e grupos inteiros a meios e oportunidades para progredir em uma economia de mercado”, declarou o coordenador do relatório, Gustavo Marquez Mosconi.

Para atingir um público mais diversificado do que aquele normalmente atraído por um relatório econômico tradicional, o Departamento de Pesquisa do BID solicitou aos cineastas que apresentassem vídeos sobre diferentes aspectos da exclusão na América Latina e no Caribe.

"Naturalmente, os pontos de vista apresentados nos filmes são os dos autores e não refletem a posição oficial do BID”, acrescentou Marquez Mosconi. "Mas os vídeos têm a virtude de mostrar os excluídos não como meras estatísticas, mas sim como agentes reais de ações para tentar modificar seus padrões de vida”.  

Os prêmios nas diferentes categorias do concurso foram concedidos aos seguintes cineastas:

Falta de acesso a serviços essenciais

Vencedor: "Prestes Maia", de Bianca Suyama, Brasil

Menção Honrosa: "Saúde entre os Matsinguengas do Baixo Urubamba " de Henry Pilares Frisancho, Peru

Falta de acesso a instituições

Vencedor: "A miragem de uma redenção", de Carlos Andres Grisales Tabares, Colômbia

Menção Honrosa: "Posseiros", de Caio Chatagnier, Brasil

Falta de documentos de identificação

Vencedor: "Gaspar", de Caio Chatagnier, Brasil

Exclusão dos mercados de trabalho

Vencedor: "Circo Urbano, Cidade do México", de Jalil Rashid Graniel Espinosa, México

Menção Honrosa: "Jorge", de Pedro Jimenez, México

Sistemas alternativos de representação social e política

Vencedor: "Espelhos", de Lucrecia Mastrangelo, Argentina

Menção Honrosa: "Vamos pela Rua", de Ariana Chediak Roquim, Brasil

Substitutos da ordem social estabelecida

Vencedor: "Ladeira Abaixo", de Silvia Patricia Arispe Bazan, Peru

Menção Honrosa: "El Ceibo", de Andres Esteban Dunayevich,  Argentina

Os prêmios serão entregues nos próximos meses, em cerimônias a serem realizadas nas Representações do BID nos países dos cineastas. Os documentários podem ser vistos na página da Internet criada para o concurso “As Faces da Exclusão”.