Notícias

BID realizará diálogo político e fórum sobre melhor gestão e qualidade da despesa pública

Tomadores de decisão e especialistas de países da América Latina e do Caribe realizarão o Diálogo Regional de Política Fiscal e o Terceiro Fórum Internacional da Rede de Descentralização e Gerenciamento Fiscal Subnacional em São Paulo, que abordará a questão de melhor gestão e qualidade dos gastos públicos

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio da Divisão de Gestão Fiscal, conduzirá o Diálogo Regional de Política Fiscal e o Terceiro Fórum Internacional da Rede de Descentralização e Gerenciamento Fiscal Subnacional da América Latina e do Caribe em São Paulo, sobre "Melhoria da gestão e qualidade da despesa pública" em diferentes níveis de governo.

No dia 4 de novembro, durante o Diálogo Regional de Política Fiscal, “Melhorando a Gestão e a Qualidade das Despesas Públicas”, os Ministros de Fazenda e as altas autoridades discutirão a melhoria da gestão e da qualidade dos gastos públicos na região, mecanismos para reduzir ineficiências nos gastos públicos e redução da corrupção, melhorando a eficiência alocativa, gestão de investimentos em infraestrutura e investimentos sociais, bem como o papel das novas instituições fiscais para melhorar a qualidade dos gastos.

Nesta reunião, também se discutirá sobre as conclusões da publicação do Banco "Melhores gastos para uma vida melhor: como a América Latina e o Caribe podem fazer mais com menos", enriquecendo o diálogo com as experiências de autoridades regionais e especialistas dos principais países em questões fiscais, propondo soluções baseadas em evidências sobre como a administração e as instituições modernas e futuras podem ajudar os gastos públicos mais eficientes. Nesse diálogo regional, participarão altas autoridades do Brasil, Chile, Argentina, Colômbia, México, Peru, Paraguai e especialistas da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A reunião é apenas por convite.

No dia 05 de novembro será realizado o Terceiro Fórum Internacional da Rede de Descentralização e Gestão Fiscal da América Latina e Caribe (ALC), e contará com a participação de especialistas e formuladores de políticas, assim como de tomadores de decisão dos governos nacionais e subnacionais da região.

A situação e os desafios enfrentados pelos governos da ALC para alcançar melhor gerenciamento e qualidade dos gastos públicos em nível subnacional serão discutidos e experiências extraordinárias serão compartilhadas. Diferentes aspectos dos gastos públicos subnacionais serão abordados durante as sessões de gerenciamento de investimentos públicos, compras públicas, gerenciamento de recursos humanos, gerenciamento de finanças públicas e avaliação de gastos.

O QUE: Diálogo Regional de Política Fiscal e Terceiro Fórum Internacional da Rede de Descentralização e Gestão Fiscal Subnacional: "Melhorando a Gestão e a Qualidade das Despesas Públicas"

QUANDO:
Diálogo Regional de Política Fiscal - 4 de novembro - somente convite
Terceiro Fórum Internacional da Rede de Descentralização e Gestão Fiscal Subnacional - 5 de novembro - somente convite*

ONDE:
Renaissance Hotel
Alameda Santos, 2233 - Jardim Paulista
São Paulo, Brasil

AGENDAS:
Diálogo regional de política fiscal: “Melhorando a gestão e a qualidade das despesas públicas”
Terceiro Fórum Internacional da Rede de Descentralização e Gestão Fiscal Subnacional: “Melhoria da Gestão e Qualidade das Despesas Públicas Subnacionais”

*Os meios de comunicação, em espanhol e inglês, interessados ​​em cobrir o Fórum, favor confirme sua participação em Mildred Rivera, mildredr@iadb.org, (202) 623-2319 e Eduardo Marenco, emarenco@iadb.org, (202) 623-2586 . Os meios de comunicação do Brasil pode entrar em contato com Janaina Goulart, janainag@iadb.org, (202) 623-3193.

Sobre o BID

Banco Interamericano de Desenvolvimento  tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.