News banner image

Notícias

Empreendedores afro-brasileiros apresentaram seus negócios a investidores em competição inédita

Negócios vencedores são dedicados aos temas de moradia digna, empoderamento da população negra e capacitação de pessoas com deficiência para o mercado de trabalho

Sete empreendedores afro-brasileiros finalistas do Inova Capital - Programa de Apoio a Empreendedores Afro-Brasileiros, iniciativa do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e organização da Anjos do Brasil apresentaram seus negócios a uma banca de investidores em competição inédita.

A comissão julgadora foi formada por Alexandra Loras, Consulesa da Françaem São Paulo; Carolina Fouad Kamhawy, Insper; Cassio Spina, investidor anjo; Fátima Laplaca, investidor anjo; Ilana Nasser, Endeavor; Julio de Campos, investidor anjo; Julio Marques, investidor anjo; Marco Fujihara, Key Associados; Marco Poli, investidor anjo; e Otavio de Luz, investidor anjo. Os negócios finalistas atendem a diversos segmentos de mercado:

  • Adriana Barbosa, São Paulo: Black Codes, plataforma que visa empoderar a população negra brasileira e estimular avanços de presença desse segmento da população no mercado publicitário;
  • Álvaro Dezidério da Luz, Florianópolis: AlvoEduca, negócio digital para ajudar pessoas, profissionais e empresários a tomar as melhores decisões financeiras;
  • Alyne Garcia Jobim, Porto Alegre: Integrare, consultoria especializada em capacitação, e em oferecer acesso ao mercado para pessoas com deficiência;
  • Já Hamilton Henrique da Silva, São Gonçalo, RJ: Saladorama, o 1º negócio de impacto social do Brasil voltado para a alimentação e a hidratação saudável de crianças e jovens;
  • Karen Freitas Franquini, Rio de Janeiro: Ganbatte, posicionado como negócio social de capacitação profissional e de oportunidades de emprego para jovens talentos de baixa renda;
  • Matheus da Silva Cardoso, São Paulo: Moradigna, negócio social na área da habitação, que oferece reformas de casas às populações menos favorecidas; e
  • Queila Nunes da Silva, São José, SC: Bendita Serviços, base tecnológica para ofertar diversos serviços domésticos.

O primeiro colocado avaliado pela banca foi Matheus da Silva Cardoso, do Moradigna, seguido de Adriana Barbosa, da Black Codes, e Henrique da Silva, Saladorama. Foi concedida ainda uma menção honrosa para Alyne Garcia Jobim,do Integrare. A especialista em Desenvolvimento Social da Divisão de Gênero e Diversidadedo BID, Luana Garcia Ozemela, destacou a importância de se identificar, capacitar e conectar empresários afro-brasileiros ao mercado de capitais e a distintos mecanismos de investimentos. O evento aconteceu no auditório do Insper, em São Paulo, no dia 13 de julho.

Inova Capital - Programa de Apoio a Empreendedores Afro-Brasileiros

Liderado pelo BID, o programa visa identificar afro-empreendedores brasileiros com negócios de crescimento de médio-alto impacto, promover a capacitação e prepará-los para receberem investimentos.

A iniciativa, inédita no Brasil, conta com investimento não reembolsável do BID para desenvolver ferramentas, metodologias e estratégias para prospectar, selecionar, capacitar, acompanhar e visibilizar afro-empreendedores. Sua execução conta com a Key Associados, responsável pela coordenação geral no Brasil, a Endeavor, que responde pelo processo de inscrição, de seleção e pela capacitação de 30 empreendedores, e a Anjos do Brasil, encarregada do treinamento dos empreendedores e da organização da competição de negócios para investidores.

O Sebrae Nacional, o Instituto Adolpho Bauer, e a Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial de São Paulo, são parceiros estratégicos, e o Insper também apoia essa iniciativa do BID.