News banner image

Notícias

Centro Cultural do BID inaugura "Abstraction Abstracción Abstração: Sofisticação na Arte Brasileira"

A exposição, em homenagem ao Brasil, explora a complexidade estética do país e sua criatividade

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), apresenta a exposição "Abstration Abstracción Abstração: Sofisticação na Arte Brasileira", como homenagem especial ao Brasil, sede da 55ª Reunião Anual da Assembleia de Governadores do BID, em Costa do Sauípe, Bahia de 27 a 30 de março. A exposição estará aberta ao público até 16 de maio de 2014.

"Abstration, Abstracción, Abstração" mostra um grupo de pinturas de 16 dos artistas brasileiros do expressionismo abstrato mais conhecidos do século XX. A exposição é uma mostra balanceada de obras de arte de oito mulheres e oito homens, raro na maioria das mostras de arte e ainda mais raro na história da arte em geral. As obras desta exposição são ambos não-objetiva e abstrata. Elas foram criadas por razões puramente estéticas, utilizando habilidades de pintura ou gravura e princípios da arte, criando não só obras visualmente interessantes, mas um trabalho provocativo, na busca profunda da maior compreensão de luz, cor, texturas, e os processos técnicos para alcançar uma relação íntima entre suas obras e os espectadores.

"Esta arte não é definida por suas representações da cultura vernacular, religião, história, ou, em geral, nem pelo próprio contexto, nem através do uso de símbolos, mas através de uma forma específica de fazer arte contemporânea", segundo o crítico e historiador Gerardo Mosquera. "É uma identidade separada da "identidade", uma identidade baseada na ação e não na representação. Esta é também a práxis da arte como arte que estabelece constantes identificáveis, e constroi uma tipologia cultural através da sua forma de fazer arte, apesar de não enfatizar os fatores culturais inseridos nela".

Brasil demonstra constantemente originalidade excepcional, inovação, renovação criativa, e avanço nas artes dentro de um contexto universal. Este grupo de obras de arte das coleções de arte do BID e do AMA - Museu de Arte das Américas da Organização dos Estados Americanos, é uma celebração da complexidade estética do Brasil.