News banner image

Notícias

BID anuncia parceria com instituições artísticas e organizações da Sociedade Civil para o Programa de Desenvolvimento Cultural 2012

Três organizações brasileiras foram contempladas, nas cidades de Campinas (SP), Olinda (PE) e Sarandi (PR)

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) selecionou 50 instituições parceiras e organizações da Sociedade Civil para financiar e prestar assistência técnica aos projetos de desenvolvimento cultural em 26 países.

Esses projetos receberão contribuições do Programa de Desenvolvimento Cultural, projetado para apoiar esforços artísticos e criativos. Os subsídios foram atribuídos a projetos inovadores de formação técnica, arte, música, teatro e instrução para os educadores.

Levando em consideração a diversidade das áreas culturais, os projetos foram avaliados quanto à sua viabilidade, alcance educativo, uso eficaz de recursos, capacidade de mobilizar fontes adicionais de financiamento, em longo prazo e impacto na comunidade.

Este ano, o Centro Cultural recebeu 1.004 pedidos de projetos, dos quais 513 foram pré-selecionados com a ajuda das Representações do BID. Em seguida, uma Comissão de Seleção aprovou concessões para 50 propostas de projetos de 26 países. No Brasil, três organizações foram selecionadas.

Durante a execução dos projetos, o Centro Cultural e as Representações tornam-se parceiros das instituições vencedoras, trabalhando juntos na supervisão, monitoramento e orientação a fim alcançar os melhores resultados. Confira o trabalho das organizações vencedoras:

ONG Bagulhadores do Mió de Olinda, Pernambuco – Projeto Nosso Cordel, aprendendo com os Mestres

O projeto vai capacitar 25 professoras e professoresque atuam em bibliotecas escolares dos municípios de Caruaru, Agrestina, e Altinho, no agreste pernambucano como Formadores de Brigadas de Cordel. A partir disso, aproximadamente 450 alunos do segundo ciclo do ensino fundamentalserão formados como novos cordelistas.Entre os poemas de Cordel produzidos pelas Brigadas,quatro serão selecionados para serem publicadoscom uma tiragem de mil livretos.

Associação de Proteção à Maternidade e a Infância ( APMI ) e Agência Brasileira de Inovação e Sustentabilidade ( ABIS ) de Sarandi, Paraná – Projeto Ladrilhando Sonhos

O projeto tem como objetivo promover o desenvolvimento sustentável local por meio do reaproveitamento de ladrilhos que seriam descartados por construtoras. Para tanto, 30 mulheres receberão 68 horas de capacitação durante seis meses em técnicas manuais para a criação de mosaico e treinamento em práticas de planejamento, gestão e venda dos produtos.

Associação Núcleo Interdisciplinar de Narradores Orais e Agentes de Leitura de Campinas, São Paulo – Projeto Nas trilhas Griôs na Terra do Boi Falô

O projeto busca fortalecer a identidade e ancestralidade de estudantes na tradição oral dos Griôs e Mestres de tradição oral, incluindo o tema no currículo formal dos estudantes da cidade de Campinas. Serão envolvidos diretamente 40 educadores e40 alunos da rede pública de ensino, seis griôs e mestres de tradição oral e dois grupos culturais. Serão realizadas oficinas para educadores da rede pública sobre a Pedagogia Griô, assim como será criada a Trilha Griô do Boi Falô; com a visita de grupos de educadores e estudantes da rede pública, além da elaboração de um GuiaPedagógico propondo o diálogo entre o roteiro histórico e o currículo escolar.