News banner image

Notícias

Novo mecanismo de prestação de contas do BID entra em vigor

O Mecanismo Independente de Consulta e Investigação (MICI) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) começaram a executar as principais atividades para aumentar a transparência, a responsabilidade e a eficácia das operações.

O Diretório Executivo do Banco instituiu o dia 09 de setembro como a data efetiva de início das atividades do mecanismo. O MICI busca tratar as reivindicações de indivíduos ou grupos que se sintam ameaçados por projetos financiados pelo BID.

Depois de um processo de seleção competitiva, a Senhora Isabel Lavandenz-Pacciere foi nomeada pelo Diretório Executivo do Banco como a Ombudsperson de Projetos.

Isabel Lavadenz vai liderar o trabalho do mecanismo, atendendo reclamações através de negociação ou mediação. As atividades consistem em oferecer oportunidades para resolver, de maneira flexível, as reclamações dos indivíduos e comunidades afetadas pelos impactos sociais e ambientais decorrentes das operações financiadas pelo Banco.

A boliviana Isabel Lavadenz ingressou no BID depois de desenvolver atividades voltadas à administração de terras, recursos naturais e desenvolvimento rural durante 12 anos no Banco Mundial. Devido à experiência no trabalho, Isabel foi a principal conselheira para a criação do Instituto Nacional do Provedor de Justiça na Bolívia.

O MICI foi desenvolvido em fevereiro de 2010 após uma série de consultas com a Sociedade Civil. O MICI também faz parte da reforma do BID para a construção de um banco cada vez melhor.