News banner image

Notícias

Resumo do programa da IV Conferência Interamericana de RSE: um bom negócio para todos

A IV Conferência Interamericana de RSE: um bom negócio para todos começou no domingo, dia 10 de dezembro, em Salvador, no Pestana Bahia Hotel (rua Fonte do Boi, 216)

O dia 10 de dezembro foi dedicado à entrega do material e dos crachás aos participantes, entre as 15h e as 19h. Das 19h30 às 21h30, os organizadores oferecem um coquetel de boas-vindas.

No dia 11, segunda-feira, o ministro do Desenvolvimento Econômico e Social, Patrus Ananias, participará da sessão de abertura, junto com Eraldo Tinoco (vice-governador da Bahia), Luis Alberto Moreno (presidente do BID), Jorge Lins Freire (presidente da Fieb - Federação das Indústrias do Estado da Bahia) e de Ricardo Young (presidente do Instituto Ethos).

Os debates desse primeiro dia de conferência concentrar-se-ão em temas relativos à participação do setor privado no desenvolvimento socioambiental e o papel do Estado como indutor da gestão socialmente responsável e em aspectos como a diversidade como fator de inclusão social, combate à corrupção, vínculos de negócios sustentáveis, parcerias para incentivo ao trabalho decente e ao comércio justo, bem como o potencial de interação entre a RSE e o crescimento econômico eqüitativo. Entre os conferencistas, estarão Júlio Moura (do WBCSD - Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável), Guilherme Leal (Natura), Stan Litow (Fundação IBM), Larry Palmer (da IAF - Inter-American Foundation), Antonio Vives (BID), Oded Grajew e Ricardo Young (BID), Arturo Condo (INCAE, Costa Rica).

No dia 12 de dezembro, continuam os debates sobre desenvolvimento socioeconômico e ambiental e o papel das empresas, analisando impactos na competitividade, importância das alianças multissetoriais, as normas internacionais de combate à corrupção e de promoção do trabalho decente, financiamento a organizações da sociedade civil e eficácia da comunicação da RSE. Presenças confirmadas de Hélio Mattar (Instituto Akatu), Mário Monzoni (Fundação Getúlio Vargas), Izabel Portela (Instituto Íris) e Thereza Lobo (Responsabilidade Social Corporativa - Comunitas).

Essa conferência já se tornou uma contribuição importante para o debate sobre RSE nas Américas. O evento tem uma ênfase regional, centrando-se no impacto da RSE no desenvolvimento econômico e social eqüitativo. Seu propósito é contribuir para um setor privado responsável por questões sociais e ambientais, que gere riquezas, bem-estar e empregos de qualidade, criando, desse modo, um ambiente mais estável e favorável para as empresas e para a sociedade.