News banner image

Notícias

Presidente Moreno fala na Bolsa de Nova York sobre as perspectivas das empresas de água da América Latina

O presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento Luis Alberto Moreno e os principais executivos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) juntaram-se para a tradicional cerimônia de encerramento das operações do dia (closing bell) da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) na quarta-feira, 25 de outubro.

A cerimônia seguiu-se a uma conferência de imprensa conjunta na qual Moreno falou das perspectivas para as empresas de água e saneamento na América Latina ao lado do presidente da Sabesp, Mauro Arce, e do diretor econômico-financeiro Rui de Britto Álvares Affonso. A conferência de imprensa encerrou dois dias de encontros com executivos das empresas líderes de água e saneamento na América Latina, durante os quais se discutiu o potencial de levantar fundos nos mecados internacionais de capital para cobrir o custo da expansão e do melhoramento da infra-estrutura do setor.

Desde 2002, a Sabesp - de longe a maior empresa de água e saneamento da América Latina - levanta capital na Bolsa de Valores de Nova York mediante a emissão de ADRs (American Depository Receipts).

"O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem orgulho especial pela SABESP", disse Moreno durante a conferência de imprensa, "porque ao longo de mais de 20 anos emprestamos perto de US$900 milhões para ajudar a financiar sua expansão."

Moreno disse aos jornalistas que a Sabesp exemplifica "a emergência de uma nova geração de empresas nacionais de água que são eficientes, inovadoras e financeiramente sólidas". Deu exemplos de diferentes tipos de modelos de gestão e investimento que permitiram às empresas do setor produzir retornos financeiros sólidos e ao mesmo tempo melhorar os serviços para os consumidores de baixa renda. (Ver o link para a transcrição das observações de Moreno, em inglês.)

Na terça-feira, 24 de outubro, o BID patrocinou uma sessão de um dia de encontros com executivos de mais de uma dezena de proeminentes empresas de água latino-americanas, com o objetivo de explorar novos caminhos de cooperação e investimento. No dia seguinte, muitos desses executivos participaram de reuniões na NYSE patrocinadas pela Sabesp, nas quais representantes de bancos de investimento e agências de classificação de crédito explicaram como as empresas de água podem aumentar o capital por meio da Bolsa.