BID inicia processo de consulta pública sobre novo mecanismo de impacto de projetos para comunidades

Maio 06, 2009
O Banco Interamericano de Desenvolvimento apresentou hoje a proposta de seu novo Mecanismo Independente de Consulta e Investigação (MICI),  onde comunidades afetadas podem expressar suas preocupações a respeito de um projeto do BID. O MICI é uma proposta inicial, que está aberta a consulta pública para grupos da sociedade civil e outros atores apresentarem suas sugestões e oferecerem contribuições. A idéia é aperfeiçoar e acelerar o processo de investigação de reclamações externas.

A Colômbia e o BID

Março 17, 2009
Desde meados da década de 1990, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem sido a principal fonte de financiamento multilateral para a Colômbia. Nos últimos 50 anos, o BID aprovou para esse país mais de US$14,8 bilhões em empréstimos e projetos de cooperação técnica não reembolsáveis.   Ao longo de sua história, o BID apoiou o governo e o setor privado colombianos em áreas fundamentais para o desenvolvimento, como infra-estrutura, modernização e reforma do Estado, pequena e média empresa, agricultura, energia, proteção ambiental e contra mudanças climáticas.

Banco Interamericano de Desenvolvimento escolhido como Melhor Instituição Multilateral pela LatinFinance

Novembro 07, 2008
A LatinFinance, a principal fonte de informações sobre o mercado financeiro da América Latina e do Caribe, escolheu o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) como a melhor instituição multilateral este ano. A LatinFinance exaltou as iniciativas do Banco para financiar os maiores projetos de infra-estrutura em andamento na região, destacando os instrumentos de crédito inovadores da instituição.

América Latina e Caribe se preparam para uma pandemia

Julho 10, 2006
Mais da metade das pessoas que, no mundo inteiro, contraíram a infecção causada pela cepa H5N1 da gripe aviária faleceram, segundo cálculos oficiais da Organização Mundial da Saúde. Só em 2006, morreram 55 das 85 pessoas que contraíram o vírus.

Cidadãos invisíveis

Abril 01, 2006
Charo QuesadaImagine-se uma mãe que não saiba o número de filhos em sua própria família. Algo semelhante ocorre na América Latina e no Caribe, onde muitos governos não dispõem de dados precisos sobre as populações a que deveriam servir. De acordo com um artigo desta edição da BIDAmérica, milhões de latino-americanos e caribenhos não têm uma identidade oficial. São pessoas que, por alguma razão, em geral a pobreza e a marginalização dos pais, nunca obtiveram uma certidão de nascimento ou uma carteira de identidade.

Os outros <i>desaparecidos</i>

Abril 01, 2006
Charo QuesadaOficialmente, cerca de 75 milhões de pessoas na América Latina e no Caribe não existem. Aproximadamente 15% dos moradores da região não possuem um documento formal que certifique seu nascimento ou estabeleça sua identidade.

Tecnologia a serviço dos pobres

Setembro 06, 2005
Um modelo que liga remessas a uma rede transnacional de empresas, organizações sem fins lucrativos, cooperativas de crédito, instituições de microcrédito e outras instituições financeiras por meio de uma plataforma de cartões de débito e cartões pré-pagos tem apresentado um resultado muito simples: todos ganham.

O impacto da imprensa sobre o bom governo

Agosto 17, 2005
Ao contrário da rádio, da televisão e da Internet, a imprensa escrita proporciona análises mais detalhadas das notícias e serve como “guia para os cidadãos e as autoridades na consecução do bom governo”,  disse o presidente da Associação Interamericana de Imprensa, Alejandro Miró Quesada. Ao falar na Organização dos Estados Americanos (OEA) em Washington, D.C., o jornalista peruano e advogado discutiu a relação entre jornalismo e governança na América Latina e no Caribe.

Enfoque na nova política ambiental do BID

Janeiro 16, 2005
Um grupo consultivo de nove membros, criado em 2004 pelo presidente do BID Enrique V. Iglesias para aconselhar o Banco em sua nova Política do Meio Ambiente e Observância de Salvaguardas, realizou uma sessão de trabalho de dois dias com os gerentes do BID e especialistas em meio ambiente para discutir a minuta da política e o papel do Banco no apoio aos países da região para alcançar o desenvolvimento sustentável.

Não tão iguais perante a lei

Janeiro 01, 2005
Charo QuesadaNo papel, a América Latina é quase um modelo de justiça igualitária e neutra em relação aos gêneros. Praticamente todos os governos da região assinaram e ratificaram acordos internacionais que garantem acesso aos tribunais e igualdade perante a lei independentemente do sexo da pessoa.