A Rota da Tequila: visita à alma mexicana

segunda-feira, Junho 22, 2009 - 03:00
Mariano Ceja Velasco é um rosto conhecido para os turistas que visitam Tequila, uma cidade famosa por suas destilarias e plantações de agave, no centro do estado mexicano de Jalisco. Ceja transporta os visitantes em um ônibus amarelo com o formato de uma garrafa de tequila. Os turistas podem visitar Tequila em um ônibus amarelo com o formato de uma garrafa de tequila.

América Latina e Caribe devem ter crescimento mais lento nos próximos quatro anos

quinta-feira, Março 19, 2009 - 03:00
Líderes da América Latina e do Caribe prevêem que a renda per capita cairá ou terá um crescimento moderado no período de 2009-2012 e que os governos dependerão mais de financiamentos de instituições internacionais, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Essas expectativas contrastam vivamente com o desempenho econômico recente da região, em que o produto per capita cresceu 4,1% ao ano nos últimos cinco anos.

A Colômbia e o BID

terça-feira, Março 17, 2009 - 03:00
Desde meados da década de 1990, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem sido a principal fonte de financiamento multilateral para a Colômbia. Nos últimos 50 anos, o BID aprovou para esse país mais de US$14,8 bilhões em empréstimos e projetos de cooperação técnica não reembolsáveis.   Ao longo de sua história, o BID apoiou o governo e o setor privado colombianos em áreas fundamentais para o desenvolvimento, como infra-estrutura, modernização e reforma do Estado, pequena e média empresa, agricultura, energia, proteção ambiental e contra mudanças climáticas.

Finanças responsáveis:

quarta-feira, Dezembro 17, 2008 - 03:00
As microfinanças constituem um setor de rápido crescimento na América Latina principais atores estão explorando a questão das finanças responsáveis, tentando encontrar maneiras para que seus produtos e práticas funcionem tanto para os clientes como instituições financeiras. Os fornecedores, reguladores, investidores e redes de instituições de microfinanças desejam conseguir uma maior sustentabilidade no setor aumentando a responsabilidade. Alguns deles já têm histórias para contar.

Duelo de parques

sábado, Abril 1, 2006 - 03:00
Alguém que deseje visitar a comunidade de Lagos de Colores, no estado de Chiapas, no sul do México, precisa passar por um posto policial na entrada do Parque Nacional Lagunas de Montebello. Isso acontece porque, pelo plano inicial, o terreno onde está localizada Lagos de Colores faria parte do parque e os habitantes maias da comunidade seriam transferidos para outros locais. O objetivo era transformar esse território de 6.000 hectares de colinas e 59 lagos numa área natural imperturbada e sem a presença humana.

Ouro maia

sábado, Abril 1, 2006 - 03:00
Roger Hamilton Pense nos dois mundos que existem numa xícara de café com leite. O leite, o suave produto de uma vaca plácida, não chama muito a atenção. O mesmo não acontece com o café. Até mesmo seu nome latino, Coffea arabica, evoca origens exóticas. Ele consegue crescer em terrenos irregulares, em locais que podem ser politicamente voláteis e ambientalmente instáveis. Seus conhecedores discutem-no em minúcias, e os comerciantes de commodities pilotam-no pelos altos e baixos do mercado global. Não é, de forma alguma, um grão comum.

Cornucópia de café

sábado, Abril 1, 2006 - 03:00
Roger Hamilton“Isto é muito mais do que uma plantação de café”, disse Isodoro Morales, ao se aproximar do topo da colina. Embora sua plantação orgânica pareça confusa, ela é produto de uma considerável habilidade administrativa e de muito trabalho – mais trabalho, aliás, do que o exigido pela monocultura ordenada das operações comerciais feitas em grande escala. Em sua plantação, explicou Morales, os arbustos de café são apenas o denominador comum de toda uma comunidade vegetal e animal, aparentemente desorganizada, mas com uma importante lógica interna.

Latinos do Extremo Oriente

quarta-feira, Março 1, 2006 - 03:00
Charo QuesadaQuando um mexicano ou panamenho diz que vai fazer compras no chinês da esquina, não está se referindo ao caso particular de um chinês que, casualmente, abriu uma loja na esquina de sua rua. Em seus países, a loja do chinês na esquina tornou-se uma instituição com uma longa tradição, que oferece um grande e prático estoque de produtos básicos, a baixo custo e com horários de funcionamento amplos.

A América Latina face ao panorama mundial

segunda-feira, Outubro 31, 2005 - 03:00
Muitos temem o grande poder econômico de que se investiu a Ásia devido ao “vício chinês” de comprar dólares, já que existe o risco de uma elevação das taxas de juros e de uma recessão global se essa compra de dólares for interrompida, observou recentemente o economista-chefe do Departamento de Pesquisa do BID, Guillermo Calvo.

Tecnologia a serviço dos pobres

terça-feira, Setembro 6, 2005 - 03:00
Um modelo que liga remessas a uma rede transnacional de empresas, organizações sem fins lucrativos, cooperativas de crédito, instituições de microcrédito e outras instituições financeiras por meio de uma plataforma de cartões de débito e cartões pré-pagos tem apresentado um resultado muito simples: todos ganham.