Mulher latino-americana e caribenha: com mais educação, mas pior remuneração

Outubro 15, 2012
Apesar de ter mais anos de estudo que os homens, as mulheres ainda estão concentradas em ocupações com salários mais baixos, tais como educação, saúde e setor de serviços. Ao comparar homens e mulheres da mesma idade e do mesmo nível educacional, os homens ganham 17% a mais do que as mulheres na América Latina.

O Caribe e o BID

Setembro 27, 2010
Os países caribenhos de língua inglesa membros do BID – Bahamas, Barbados, Belize, Guiana, Jamaica e Trinidad e Tobago – e o Suriname, de língua holandesa, são unidos por comércio, geografia, história e tradições. Sua situação econômica e desafios de desenvolvimento, porém, podem variam amplamente.

Avanços na América Central

Julho 29, 2009
A iniciativa de integração regional conhecida como Proyecto Mesoamérica está ganhando impulso. Ela foi um tema central na agenda da XI Cúpula de Tuxtla (uma reunião de cúpula anual dos chefes de Estado da região), que terminou hoje em Costa Rica. Na semana passada, noticiários focalizaram a proposta de uma estratégia de transporte multimodal para melhorar a competitividade da região. E, em junho, o BID anunciou a segunda fase do projeto Trânsito Internacional de Mercadorias, que implantará um sistema alfandegário unificado nas fronteiras de todos os países da América Central.

A Colômbia e o BID

Março 17, 2009
Desde meados da década de 1990, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem sido a principal fonte de financiamento multilateral para a Colômbia. Nos últimos 50 anos, o BID aprovou para esse país mais de US$14,8 bilhões em empréstimos e projetos de cooperação técnica não reembolsáveis.   Ao longo de sua história, o BID apoiou o governo e o setor privado colombianos em áreas fundamentais para o desenvolvimento, como infra-estrutura, modernização e reforma do Estado, pequena e média empresa, agricultura, energia, proteção ambiental e contra mudanças climáticas.

Disparidades raciais e étnicas nas condições de saúde na América Latina

Maio 03, 2005
A saúde dos afrodescendentes e indígenas é melhor ou pior do que a dos latino-americanos de ascendência européia? Quatro novos estudos sobre raça, etnia e saúde na América Latina mostram alguns resultados inesperados e por vezes contraditórios.