Mulher latino-americana e caribenha: com mais educação, mas pior remuneração

Outubro 15, 2012
Apesar de ter mais anos de estudo que os homens, as mulheres ainda estão concentradas em ocupações com salários mais baixos, tais como educação, saúde e setor de serviços. Ao comparar homens e mulheres da mesma idade e do mesmo nível educacional, os homens ganham 17% a mais do que as mulheres na América Latina.

Cultura cidadã é a chave para reduzir a violência, diz estudo

Maio 30, 2012
Relatório apoiado pelo BID explora a cultura cidadã como fator de sucesso em longo prazo para a redução da violência Qualquer estratégia bem sucedida para a prevenção da violência deve incluir medidas para reconhecer e mudar comportamentos que respondam a crenças, emoções e fatores culturais, de acordo com um novo estudo apoiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O Caribe e o BID

Setembro 27, 2010
Os países caribenhos de língua inglesa membros do BID – Bahamas, Barbados, Belize, Guiana, Jamaica e Trinidad e Tobago – e o Suriname, de língua holandesa, são unidos por comércio, geografia, história e tradições. Sua situação econômica e desafios de desenvolvimento, porém, podem variam amplamente.

América Latina e Caribe devem ter crescimento mais lento nos próximos quatro anos

Março 19, 2009
Líderes da América Latina e do Caribe prevêem que a renda per capita cairá ou terá um crescimento moderado no período de 2009-2012 e que os governos dependerão mais de financiamentos de instituições internacionais, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Essas expectativas contrastam vivamente com o desempenho econômico recente da região, em que o produto per capita cresceu 4,1% ao ano nos últimos cinco anos.

A Colômbia e o BID

Março 17, 2009
Desde meados da década de 1990, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem sido a principal fonte de financiamento multilateral para a Colômbia. Nos últimos 50 anos, o BID aprovou para esse país mais de US$14,8 bilhões em empréstimos e projetos de cooperação técnica não reembolsáveis.   Ao longo de sua história, o BID apoiou o governo e o setor privado colombianos em áreas fundamentais para o desenvolvimento, como infra-estrutura, modernização e reforma do Estado, pequena e média empresa, agricultura, energia, proteção ambiental e contra mudanças climáticas.

Aumenta o uso de moedas latino-americanas

Junho 23, 2008
Quando, no primeiro trimestre de 2008, as dívidas soberanas do Brasil e Peru foram alçadas ao nível de investimento por agências internacionais de classificação de riscos, as duas nações entraram para o clube exclusivo de ganhadores financeiros cujos outros dois membros latino-americanos eram o México e o Chile. A dívida do México chegou ao grau de investimento 2000, enquanto a do Chile conseguiu atingir esse patamar em 1992.  

A América Latina face ao panorama mundial

Outubro 31, 2005
Muitos temem o grande poder econômico de que se investiu a Ásia devido ao “vício chinês” de comprar dólares, já que existe o risco de uma elevação das taxas de juros e de uma recessão global se essa compra de dólares for interrompida, observou recentemente o economista-chefe do Departamento de Pesquisa do BID, Guillermo Calvo.

Mais crescimento ou mais igualdade?

Setembro 20, 2005
  Investimento crescente, inflação baixa, dólar em queda, equilíbrio fiscal, menor desemprego: há cerca de 18 meses os sinos não param de anunciar boas notícias para a América Latina e o Caribe.  

Tecnologia a serviço dos pobres

Setembro 06, 2005
Um modelo que liga remessas a uma rede transnacional de empresas, organizações sem fins lucrativos, cooperativas de crédito, instituições de microcrédito e outras instituições financeiras por meio de uma plataforma de cartões de débito e cartões pré-pagos tem apresentado um resultado muito simples: todos ganham.

Disparidades raciais e étnicas nas condições de saúde na América Latina

Maio 03, 2005
A saúde dos afrodescendentes e indígenas é melhor ou pior do que a dos latino-americanos de ascendência européia? Quatro novos estudos sobre raça, etnia e saúde na América Latina mostram alguns resultados inesperados e por vezes contraditórios.