Jovens com grandes ideias que transformam

Março 14, 2013
Como se consegue resolver velhos problemas? Com novas ideias. Participe e siga-nos no Twitter em @bidjuventud Convém escutar a voz dos jovens, com suas ideias frescas e seus projetos. E especialmente na América Latina e Caribe, a região com a população mais jovem do mundo, e com uma média de idade de apenas 27 anos.

Cultura cidadã é a chave para reduzir a violência, diz estudo

Maio 30, 2012
Relatório apoiado pelo BID explora a cultura cidadã como fator de sucesso em longo prazo para a redução da violência Qualquer estratégia bem sucedida para a prevenção da violência deve incluir medidas para reconhecer e mudar comportamentos que respondam a crenças, emoções e fatores culturais, de acordo com um novo estudo apoiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Mesoamérica renova seu impulso de integração

Outubro 25, 2010
A XII Cúpula do Mecanismo de Diálogo e Concertação de Tuxtla realiza-se amanhã, dia 26 de outubro, em Cartagena, na Colômbia, com a participação dos chefes de Estado de Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, México, Colômbia e República Dominicana. Os mandatários conhecerão os avanços na integração regional impulsionados pelo Projeto Mesoamérica e estabelecerão as prioridades para ações futuras.

Risco de desastres naturais continua alto na América Latina e Caribe, segundo o BID

Setembro 30, 2010
A América Latina e o Caribe enfrentam a perspectiva de custos econômicos e sociais potencialmente debilitantes decorrentes de desastres naturais e precisam fazer mais para reduzir os riscos e preparar as finanças públicas para responder a eventuais catástrofes, de acordo com um novo conjunto de indicadores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O Caribe e o BID

Setembro 27, 2010
Os países caribenhos de língua inglesa membros do BID – Bahamas, Barbados, Belize, Guiana, Jamaica e Trinidad e Tobago – e o Suriname, de língua holandesa, são unidos por comércio, geografia, história e tradições. Sua situação econômica e desafios de desenvolvimento, porém, podem variam amplamente.

Estudo do BID sugere que grandes desastres naturais não tendem a afetar o crescimento no longo prazo

Junho 18, 2010
Grandes desastres naturais não tendem a afetar o crescimento econômico no longo prazo, a menos que sejam seguidos de uma ruptura radical da ordem institucional da sociedade, sugere um novo estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Energia sustentável para Haiti, Bahamas e Barbados

Maio 21, 2010
Dezenas de milhares de haitianos que perderam suas casas em Porto Príncipe deixaram a cidade e migraram para aldeias rurais ou acampamentos temporários. Organizações de auxílio internacionais estão nesse momento ajudando a construir clínicas, escolas, centros administrativos e armazéns em algumas dessas aldeias, que ficam localizadas em áreas remotas, sem acesso a serviços básicos.

Um desafio decisivo

Dezembro 07, 2009
A mudança climática tem o potencial de pôr a perder muitos dos avanços em desenvolvimento social e econômico que os países da América Latina e Caribe obtiveram em décadas recentes. Com o apoio do BID, os governos da região estão formulando estratégias para se adaptar a diferentes cenários de mudança climática, aplicando novas tecnologias para reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e redobrando os esforços para conseguir um desenvolvimento sustentável. Ameaças para a região

Economias latino-americanas são obstruídas por alto custo do transporte, mostra estudo do BID

Novembro 27, 2009
O alto custo do transporte na América Latina e no Caribe dificulta o comércio e tem impactos nocivos sobre a produtividade de toda a economia, protegendo empresas ineficientes e impedindo que produtores competitivos expandam seu negócio, de acordo com um estudo recém-lançado do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Estudo do BID encontra grandes defasagens salariais ligadas a etnia e gênero na América Latina

Outubro 12, 2009
Afrodescendentes e indígenas ganham 28% a menos que seus colegas brancos Homens ganham 17% a mais que as mulheres na região quando ambos têm a mesma idade e nível de instrução A educação é a chave para reduzir as desigualdades salariais por etnia na região.