Agricultura no Haiti: investimentos crescentes em produtividade

Abril 25, 2012
Projetos de agricultura no Haiti catalisam investimentos para gerar empregos, restaurar o meio ambiente e apoiar o manejo sustentável de recursos naturais

Dois anos depois, o Haiti vira uma página

Janeiro 09, 2012
Ao se aproximar do segundo aniversário do terremoto de janeiro de 2010, o Haiti está determinado a mostrar ao mundo que se encontra “aberto para negócios” Com a ajuda do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), autoridades do novo governo do Haiti realizaram em novembro uma conferência de investimentos em Porto Príncipe que atraiu mais de 1.000 participantes, entre eles centenas de empresários de 29 países. Vários contratos foram anunciados no evento, incluindo planos para construção de hotéis na capital.

Inovar é a chave para um desenvolvimento sustentável da América Latina e o Caribe

Novembro 08, 2010
Através de uma análise comparativa com as realidades dos países desenvolvidos, um estudo realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento revela alguns padrões permanentes na região em termos de Ciência, Tecnologia e Inovação. Os países da América Latina e Caribe (LAC) estão fazendo investimentos muito baixos em pesquisa e desenvolvimento (P+D) e, ao contrário dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Economico (OCDE) têm uma participação limitada do sector privado em investimento em (P+D) como porcentagem do investimento total.

Mesoamérica renova seu impulso de integração

Outubro 25, 2010
A XII Cúpula do Mecanismo de Diálogo e Concertação de Tuxtla realiza-se amanhã, dia 26 de outubro, em Cartagena, na Colômbia, com a participação dos chefes de Estado de Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, México, Colômbia e República Dominicana. Os mandatários conhecerão os avanços na integração regional impulsionados pelo Projeto Mesoamérica e estabelecerão as prioridades para ações futuras.

Risco de desastres naturais continua alto na América Latina e Caribe, segundo o BID

Setembro 30, 2010
A América Latina e o Caribe enfrentam a perspectiva de custos econômicos e sociais potencialmente debilitantes decorrentes de desastres naturais e precisam fazer mais para reduzir os riscos e preparar as finanças públicas para responder a eventuais catástrofes, de acordo com um novo conjunto de indicadores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O Caribe e o BID

Setembro 27, 2010
Os países caribenhos de língua inglesa membros do BID – Bahamas, Barbados, Belize, Guiana, Jamaica e Trinidad e Tobago – e o Suriname, de língua holandesa, são unidos por comércio, geografia, história e tradições. Sua situação econômica e desafios de desenvolvimento, porém, podem variam amplamente.

Apoio à recuperação do Haiti após o terremoto

Julho 12, 2010
Nos seis meses que se passaram desde o devastador terremoto de 12 de janeiro, o Banco Interamericano de Desenvolvimento mobilizou um total de recursos sem precedentes para ajudar o Haiti em seus esforços para se recuperar do pior desastre natural que já atingiu um país.
2010-07-12

Estudo do BID sugere que grandes desastres naturais não tendem a afetar o crescimento no longo prazo

Junho 18, 2010
Grandes desastres naturais não tendem a afetar o crescimento econômico no longo prazo, a menos que sejam seguidos de uma ruptura radical da ordem institucional da sociedade, sugere um novo estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Haiti volta a exportar

Maio 27, 2010
Os primeiros embarques de mangas orgânicas desta estação partiram da unidade de processamento da Carifresh para os Estados Unidos na última semana de abril, quase dois meses mais tarde do que de hábito. Mas esta não é uma estação normal.

Energia sustentável para Haiti, Bahamas e Barbados

Maio 21, 2010
Dezenas de milhares de haitianos que perderam suas casas em Porto Príncipe deixaram a cidade e migraram para aldeias rurais ou acampamentos temporários. Organizações de auxílio internacionais estão nesse momento ajudando a construir clínicas, escolas, centros administrativos e armazéns em algumas dessas aldeias, que ficam localizadas em áreas remotas, sem acesso a serviços básicos.