Estudo do BID examina potencial de integração Brasil-Colômbia

Agosto 03, 2011
A explosão do comércio bilateral entre a Colômbia e o Brasil poderia superar os atuais US$3 bilhões por ano se ambos os países exploraseem o enorme potencial de crescimento se eliminassem os gargalos, como custos logísticos e barreiras tarifárias, segundo um novo estudo divulgado pelo Departamento de Integração do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Mesoamérica renova seu impulso de integração

Outubro 25, 2010
A XII Cúpula do Mecanismo de Diálogo e Concertação de Tuxtla realiza-se amanhã, dia 26 de outubro, em Cartagena, na Colômbia, com a participação dos chefes de Estado de Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, México, Colômbia e República Dominicana. Os mandatários conhecerão os avanços na integração regional impulsionados pelo Projeto Mesoamérica e estabelecerão as prioridades para ações futuras.

O Caribe e o BID

Setembro 27, 2010
Os países caribenhos de língua inglesa membros do BID – Bahamas, Barbados, Belize, Guiana, Jamaica e Trinidad e Tobago – e o Suriname, de língua holandesa, são unidos por comércio, geografia, história e tradições. Sua situação econômica e desafios de desenvolvimento, porém, podem variam amplamente.

A Colômbia e o BID

Março 17, 2009
Desde meados da década de 1990, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) tem sido a principal fonte de financiamento multilateral para a Colômbia. Nos últimos 50 anos, o BID aprovou para esse país mais de US$14,8 bilhões em empréstimos e projetos de cooperação técnica não reembolsáveis.   Ao longo de sua história, o BID apoiou o governo e o setor privado colombianos em áreas fundamentais para o desenvolvimento, como infra-estrutura, modernização e reforma do Estado, pequena e média empresa, agricultura, energia, proteção ambiental e contra mudanças climáticas.

Líderes indígenas pedem ajuda para salvar o "coração do mundo"

Setembro 06, 2006
Representantes dos povos indígenas kogui, wiwa, arhuaco e kankuamo da Sierra Nevada de Santa Marta no norte da Colômbia fizeram uma visita a Washington D.C. para difundir uma mensagem de alerta para salvar o meio ambiente mundial e pedir o apoio internacional para a criação de um fundo que lhes permita recuperar seu território tradicional, ao qual se referem como "o coração do mundo".

Não tão iguais perante a lei

Janeiro 01, 2005
Charo QuesadaNo papel, a América Latina é quase um modelo de justiça igualitária e neutra em relação aos gêneros. Praticamente todos os governos da região assinaram e ratificaram acordos internacionais que garantem acesso aos tribunais e igualdade perante a lei independentemente do sexo da pessoa.