Presidente Moreno reafirma tolerância zero com atos de corrupção

Fevereiro 16, 2006
Em 16 de fevereiro de 2006, um ex-funcionário do Banco Interamericano de Desenvolvimento se declarou culpado perante o Tribunal Federal dos Estados Unidos para o Distrito de Columbia das acusações que pesavam contra ele por fraude eletrônica envolvendo recursos do Banco, concordando em restituir integralmente esses recursos. A conduta ilícita em questão tinha sido descoberta pelo Banco e encaminhada às autoridades dos Estados Unidos. A sentença será lida em 25 de abril de 2006.