Três organizações de Barbados, Brasil e Nicarágua ganharam o Prêmio Juscelino Kubitschek do BID

Novembro 19, 2013
Candidataram-se ao prestigioso prêmio 496 organizações de 28 países latino-americanos, caribenhos e europeus O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciou hoje que três instituições de Barbados, Brasil e Nicarágua ganharam o Prêmio Juscelino Kubitschek, que reconhece as contribuições de destacados atores em economia e finanças, bem como nos campos cultural, social e científico. 

Haiti recebe US$ 90 milhões em doações

Abril 28, 2010
O Banco Interamericano de Desenvolvimento comprometeu-se a proporcionar ao Haiti um apoio sem precedentes durante a próxima década para ajudar o país a se recuperar do devastador terremoto de 12 de janeiro. Para esse fim, a Diretoria Executiva do BID aprovou três operações fundamentais em um total de US$ 90 milhões em doações.

Moreno, Iglesias participam de solenidade de entrega do Prêmio Juscelino Kubitschek

Novembro 24, 2009
O Banco Interamericano de Desenvolvimento realizará a solenidade de entrega do prêmio Juscelino Kubitschek no dia 30 de novembro, em Estoril, Portugal, durante a Cúpula Ibero-Americana. O prêmio reconhece o trabalho das instituições regionais para o desenvolvimento econômico e social da América Latina e o Caribe.

Pesquisa do BID mostra que a crise dos alimentos pode aprofundar a pobreza em 19 países

Agosto 12, 2008
Os países latino-americanos e caribenhos precisam fortalecer seus programas sociais para aliviar o impacto do aumento dos preços dos alimentos para os 71 milhões de pobres da região, mostram números recém-divulgados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento sobre o impacto potencial dos preços dos alimentos. De acordo com o BID, mais de 26 milhões de pessoas na América Latina e no Caribe podem vir a cair em uma situação de pobreza extrema se os preços dos alimentos continuarem elevados.

Presidente Moreno reafirma tolerância zero com atos de corrupção

Fevereiro 16, 2006
Em 16 de fevereiro de 2006, um ex-funcionário do Banco Interamericano de Desenvolvimento se declarou culpado perante o Tribunal Federal dos Estados Unidos para o Distrito de Columbia das acusações que pesavam contra ele por fraude eletrônica envolvendo recursos do Banco, concordando em restituir integralmente esses recursos. A conduta ilícita em questão tinha sido descoberta pelo Banco e encaminhada às autoridades dos Estados Unidos. A sentença será lida em 25 de abril de 2006.