Países membros mutuários

O BID possui 26 países membros mutuários, todos na América Latina e no Caribe. Juntos, eles possuem 50,02% do poder de voto na Diretoria do BID.

Grupos I e II

Em 1999, o BID começou a utilizar uma classificação para supervisionar a distribuição dos empréstimos. De acordo com esta classificação, os países são divididos em Grupos I e II, segundo seu PIB per capita em 1997.

O Banco canaliza 35% do volume dos seus empréstimos aos países do Grupo II, que possuem a menor renda per capita: Belize, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Jamaica, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Suriname.

Aproximadamente 65% por cento do volume de empréstimos são canalizados para os países do Grupo I: Argentina,Bahamas, Barbados, Brasil, Chile, México, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

Além desses dois grupos de países, o Banco tem um mandato para dedicar pelo menos metade de suas operações e 40% de seus recursos a programas que promovam a eqüidade social e sejam voltados para as populações carentes.