Comunicados de imprensa

22/04/2017

Bancos multilaterais vão aprofundar a colaboração com o setor privado para estimular a implantação de infraestrutura inclusiva e sustentável

WASHINGTON, D.C. – Líderes dos principais bancos multilaterais de desenvolvimento (BMDs) concordaram em ampliar sua colaboração para incentivar o investimento do setor privado em infraestrutura vital necessária para apoiar o crescimento econômico sustentável e inclusivo em todo o mundo.

Com o tema “Oferecer infraestrutura sustentável e inclusiva”, o Fórum Global de Infraestrutura 2017 proporcionou um local para discutir como os BMDs podem trabalhar melhor com os países e o setor privado para criar mercados para projetos de infraestrutura. O fórum reuniu investidores potenciais, representantes da Organização das Nações Unidas e do G20 com os líderes do Banco Africano de Desenvolvimento, Banco Asiático de Desenvolvimento, Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura, Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento, Banco Europeu de Investimento, Banco Interamericano de Desenvolvimento, Corporação Interamericana de Investimentos, Corporação Financeira Internacional, Banco Islâmico de Desenvolvimento, Novo Banco de Desenvolvimento e o Banco Mundial.

Serviços básicos de infraestrutura – como estradas, redes de água e esgoto e energia elétrica – são escassos em muitos países em desenvolvimento. Mais de um bilhão de pessoas vivem sem eletricidade, mais de 660 milhões de pessoas não têm acesso a água potável limpa, e uma em cada três pessoas não dispõe de acesso a vasos sanitários com descarga e infraestrutura de esgoto. Além disso, os países enfrentam a necessidade urgente de investir em infraestrutura resistente ao clima e fontes de energia eficientes e renováveis.

Com trilhões de dólares em capital parado, ganhando retornos baixos ou mesmo negativos, um engajamento mais intenso com o setor privado pode criar cenários em que todos ganhem, com os investidores recebendo retornos melhores por investimentos de longo prazo e os países em desenvolvimento obtendo os investimentos e capacidade técnica muito necessários.

Para cumprir os compromissos que os países do mundo inteiro assumiram de alcançar os ambiciosos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os BMDs prometeram não só alavancar seus recursos, unindo forças para cofinanciar projetos, mas também ajudar a gerar interesse entre os investidores do setor privado por Parcerias Público-Privadas e pelo desenvolvimento de infraestrutura como uma classe de ativos para investidores institucionais.

Essas promessas estão incluídas na Declaração de Resultados dos BMDs, emitida hoje no Fórum, disponível em https://pppknowledgelab.org/sites/default/files/field/page/file/2017_gi_forum_outcome_statement_final.pdf.

Entre os oradores do evento que ocupou um dia inteiro estiveram Amina Mohammed, Vice-secretária Geral da Organização das Nações Unidas, e Wolfgang Schäuble, Ministro da Fazenda da Alemanha, que preside atualmente o G20.

Oito sessões paralelas examinaram uma variedade de temas:

  • Como assegurar que a infraestrutura cumpra os padrões ambientais e de mudança climática;
  • Como ajudar as cidades a atender suas necessidades de infraestrutura e objetivos climáticos;
  • O papel dos bancos de desenvolvimento nacionais na implantação de programas de energia renovável e eficiência energética;
  • Mobilização de recursos privados e subsidiados;
  • Desafios especiais enfrentados por países menos desenvolvidos, pequenas nações insulares em desenvolvimento e países em desenvolvimento sem acesso ao mar;
  • Mitigação de riscos para infraestrutura de mercados emergentes;
  • Infraestrutura como uma classe de ativos para investidores institucionais;
  • Como preparar projetos com atenção a custos e controle de qualidade; e limitações e oportunidades para desenvolvimento energético e econômico na África.

A programação completa do Fórum Global de Infraestrutura 2017 está disponível no website do Fórum, juntamente com um guia de referência sobre Parcerias Público-Privadas (PPPs), dados de países, informações sobre setores de infraestrutura específicos, bancos de dados importantes e outras ferramentas.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.

Mais informações

Pablo Pereira
Asesor especial do BID
Planejamento Estratégico e Eficácia no Desenvolvimento
pereirap@iadb.org

Contatos de imprensa

Banco Interamericano de Desenvolvimento
Geri Smith,
geris@iadb.org
+1-202-340-6402

Corporação Interamericana de Investimentos
José Luis Lobera
joseluisl@iadb.org
+1-202-623-2846

Banco Europeu de Investimento
Shirin Wheeler
s.wheeler@eib.org,
+44-7827-445611

Banco Africano de Desenvolvimento
Samuel Mikenga
smikenga@afdb.org
+22520265105

Banco Asiático de Desenvolvimento
Erik Churchill
echurchill@adb.org
+63-2683-1905

Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura
Liyan Song
lsong@aiib.org
+86-10 8358 0035

Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento
Olga Rosca
roscao@ebrd.com
+44-20-73388467

International Finance Corporation
Sheila Grandio
sgrandio@ifc.org
+1 202-907-1322

Banco Islâmico de Desenvolvimento
Muhammed Jameel Yusha’u
myushau@isdb.org
+966126466492

Novo Banco de Desenvolvimento
Alexey Kosarev
kosarev.alexey@ndb.int

Grupo Banco Mundial
Nadine Ghannam
nsghannam@worldbankgroup.org
+1-202-473-3011

¡Hola, Bienvenido al BID!

Te invitamos a unirte a nuestra lista de correo.