Pular Navegacão global
Notícias
BID - Home > Notícias
Comment Tool Comente
Comment Tool Comente

Seu comentário sobre esta página:






Share Tool Compartilhar
close Share Tool Compartilhar

Comunicados de imprensa

08/10/2010

Chile promoverá mercado de eficiência energética com ajuda do BID

Financiamento para capacitar prestadores de serviços de eficiência energética e executar projetos piloto nos setores de alimentos, vinhos, metais, produtos químicos e varejo

Pequenas e médias empresas e firmas de serviços de eficiência energética no Chile podem conseguir economizar até US$ 92 milhões em energia e receitas relacionadas na próxima década graças a um programa governamental que será apoiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento.

O programa ajudará a fazer a conexão de empresas que desejem reduzir seus custos de energia com firmas de consultoria especializadas que possam assessorá-las nessa iniciativa e com um fundo governamental que financiará a compra de novas máquinas e outros equipamentos para diminuir o consumo de energia.

Uma doação de US$ 2,6 milhões do BID-Fundo Global para o Meio Ambiente será usada pela recém-criada Agência Chilena de Eficiência Energética (AChEE) para oferecer capacitação a firmas de consultoria em eficiência energética (EE) e auditores de energia e criar uma central de informações sobre EE voltada para as necessidades de setores específicos. Esses auditores e firmas de consultoria em energia ajudarão, subsequentemente, pequenas e médias empresas (PMEs) que desejem ter acesso a crédito governamental para investimentos em EE.

A Corporação de Fomento da Produção (CORFO) do governo chileno concede até US$ 1 milhão em empréstimos a empresas comerciais e industriais para investimentos em EE. No entanto, muitas PMEs não têm a capacidade técnica necessária para analisar seu uso de energia e determinar quais tecnologias poderiam ajudá-las a reduzir os custos de energia. A meta do programa do BID-GEF é remover esses obstáculos e incentivar mais empresas a fazer uso de empréstimos da CORFO.

“O Chile tem sido um pioneiro no oferecimento de apoio financeiro para EE aos setores industriais e comerciais do país”, disse Christiaan Gischler, o líder de equipe do projeto do BID. “Este programa ajudará a acelerar o crescimento do mercado local de serviços e equipamentos de EE e financiará projetos que demonstrarão como a EE pode gerar economias para setores específicos.”

Gischler explicou que, se todos os investimentos em EE previstos como resultado do programa forem executados, o Chile poupará cerca de 200 GWh (Gigawatt-hora), ou o equivalente a uma redução de 15% na conta de eletricidade de 1.500 das PMEs do país. Nesse caso, o Chile também evitaria a emissão de cerca de 2,9 milhões de toneladas de CO2 nos próximos 10 anos.

Mais informações

Christiaan Gischler
Lìder de equipe do BID
christiaang@iadb.org

Contato de imprensa

© 2014 Banco Interamericano de Desenvolvimento - Todos os direitos reservados.